Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Idoso mata homem à paulada e joga corpo em rio no interior do Amazonas

    O suspeito alegou à PM que cometeu o crime porque a vítima teria roubado uma certa quantia em dinheiro. O corpo ainda não foi localizado

    Após o cometer o homicídio, o suspeito fugiu, mas foi denunciado por testemunhas
    Após o cometer o homicídio, o suspeito fugiu, mas foi denunciado por testemunhas | Foto: Divulgação

    Autazes - Um idoso, identificado como Wilton Francisco Oliveira, de 60 anos, "vulgo Paulista", foi preso na tarde desta terça-feira (31), suspeito de matar um homem, identificado como Cleuton Marques Rodrigues, 37, conhecido como "Nego". O suspeito teria dado uma paulada na cabeça da vítima e depois jogou o corpo em um rio. O crime aconteceu em Autazes, município distante 108 km de Manaus.

    Após cometer o homicídio, o suspeito fugiu, mas foi denunciado por testemunhas."Paulista" foi localizado por policiais do 9º Grupamento da Polícia Militar (GPM), no km 46 da estrada de Autazes, no ramal do Jatuá. 

    O suspeito não reagiu e foi conduzido até a viatura. Ao ser questionado pelos policiais militares sobre o crime, o idoso confessou que cometeu o crime. "Paulista" alegou em um vídeo, divulgado nas redes sociais, que praticou o homicídio porque "Nego" havia roubado ele. O valor roubado não foi divulgado. 

    "Fui cobrar o dinheiro, ele já tinha bebido e estava com uma faca na mão. Eu peguei um pau e bati na cabeça dele. Depois a gente caiu em um barranco e eu o empurrei na água", diz o suspeito. 

    "Paulista" foi encaminhado para o 39º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Autazes. Conforme o capitão Everton Souza, do 9º GPM, o corpo da vítima ainda não foi localizado.

    A equipe da Polícia Civil do município acionou os bombeiros que devem realizar as buscas pelo corpo nesta quarta-feira (1º).

    "Os procedimentos ainda estão sendo adotados e o suspeito continua prestando depoimento na delegacia", explicou o capitão.