Fonte: OpenWeather

    Tentativa de Homicídio


    Homem manda matar atual da ex-mulher no Petrópolis: dupla acaba presa

    Conforme a polícia, a dupla capturada alegou na delegacia que havia sido contrata pelo ex-companheiro da mulher que estava acompanhando a vítima. Os suspeitos foram detidos em flagrante, no bairro do Petrópolis

    | Foto: Divulgação

    Manaus - Dois homens, que não tiveram as identidades divulgadas, foram presos, na tarde desta quarta-feira (1º,) após tentarem matar um homem de 27 anos a facadas. A tentativa de homicídio aconteceu na rua São Sebastião, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. 

    Conforme a polícia, a dupla capturada alegou na delegacia que havia sido contrata pelo ex-companheiro da mulher que estava acompanhando a vítima no momento do crime. Os suspeitos foram detidos em flagrante por policiais da  3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que fazia patrulhamento nas proximidades. O mandante do crime ainda não foi localizado pela polícia. 

    A tentativa de homicídio 

    De acordo com a polícia, o casal - que estava em uma motocicleta - chegava em uma residência, quando foi abordado pelos suspeitos. Um dos criminosos segurou a vítima enquanto o outro desferiu as facadas. O homem lutou para se defender, mas acabou sendo atingido nos braços e pernas. A mulher não ficou ferida.

    O ataque aconteceu nas proximidades da sede  do Sindicato dos Funcionários da Policia Civil (Sinpol-AM). Um policial civil presenciou o ocorrido e passou as características dos suspeitos para a equipe da  3ª Cicom.

    "Os suspeitos tentaram fugir a pé, mas foram localizados próximos de onde tentaram matar a vítima. A faca  usada no crime, tipo peixeira, também foi apreendida com eles", explicou um tenente da 3ª Cicom.

    O policial explicou, ainda, que a princípio o caso foi tratado como uma tentativa de latrocínio, mas na delegacia os suspeitos confessaram a verdadeira motivação.

    "Eles disseram que foram contratados pelo ex-marido da mulher que estava na moto com a vítima. Não foi informado a quantia que eles iriam receber e nem o paradeiro do mandante do crime", disse o tenente. 

    A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital 28 de Agosto. O estado de saúde do homem não foi divulgado.

    Os suspeitos foram encaminhados para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o caso deve ser investigado.