Fonte: OpenWeather

    Detido


    Polícia prende homem responsável por mais de 100 assassinatos

    Ao ser preso, o homem, apelidado de "Jagunço", indicou à polícia o cemitério clandestino onde os corpos das vítimas estão enterrados

    Homem foi detido em São Paulo, suspeito de mais de 100 assassinatos
    Homem foi detido em São Paulo, suspeito de mais de 100 assassinatos | Foto: Divulgação

    A Polícia Civil prendeu na quinta-feira (30) um importante integrante de facção criminosa, responsável por mais de 100 mortes ocorridas na Zona Leste de São Paulo.

    Apelidado de "Jagunço", Wislam Ramos Ferreira, de 29 anos, foi detido após ser surpreendido enquanto dormia em sua residência, no bairro Odete 2, em Itaquaquecetuba.

    De acordo com a polícia da 8ª Delegacia Seccional, ele foi responsável por mais de 100 execuções no Parque Savoy, onde era líder. Jagunço era um importante membro da facção criminosa e mantinha contato direto com outros chefes já presos, como Marcola.  

    Ao ser detido, Wislam informou à polícia o cemitério clandestino onde os corpos das vítimas estão enterrados. Com diversos mandados de prisão expedidos, inclusive no estado da Bahia, onde nasceu, "Jagunço" já havia fugido da polícia pelo menos duas vezes no ano passado. Na última fuga, em dezembro de 2019, usou a própria mulher como escudo humano.