Fonte: OpenWeather

    HOMICÍDIO


    Homem espanca a mãe até a morte em Manaus

    Agressões foram tão fortes ao ponto de perfurar a cabeça e o crânio da mulher

    Homicídio aconteceu em um beco, no bairro Coroado | Foto: Divulgação

    Manaus - Um homem não identificado espancou a própria mãe de 56 anos até a morte na madrugada deste sábado (2), no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. O homicídio aconteceu por volta da meia noite, na Rua das Dalias.

    Segundo a Polícia Militar, o motivo da briga ainda é desconhecido, mas o homem teria agredido a própria mãe e que durante o espancamento, não resistiu e morreu ainda no local.

    O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo da mulher durante a madrugada e registrou a ocorrência como 'agressão física'. A causa da morte foi  'traumatismo crânioencefálico' e 'ação contundente'. Na prática, o espancamento foi forte ao ponto de perfurar a cabeça e o crânio da mulher. 

    A 11ª Companhia Interativa Comunitária (11ª Cicom), que cobre o bairro, disse que o homem não foi preso, mas confirmou o recebimento da ocorrência. 

    Mulheres são alvos da violência

    Mulheres mortas de forma violenta não são novidade, em Manaus. De 2018 para 2019, o crime de feminicídio - a morte de uma mulher apenas por ser mulher - aumentou em 300%. 

    No ano passado, 3.739 mulheres foram mortas no Brasil. Os 'homicídios dolosos' contra o sexo feminino ainda teve queda de 14,1% em comparação a 2018, embora o número ainda seja alto. 

    Uma reportagem do EM TEMPO mostrou como a violência contra a mulher mancha a história do Amazonas não apenas nos últimos anos, mas há séculos.