Fonte: OpenWeather

    homicídio


    Dupla assassinada na Compensa era da FDN, diz polícia

    Segundos policiais, depois de recusarem o convite de migrarem para o Comando Vermelho, as vítimas pagaram com a própria vida.

    Durante as execuções, cinco pessoas ficaram feridas
    Durante as execuções, cinco pessoas ficaram feridas | Foto: Divulgação

    Manaus- O assassinato que aconteceu na madrugada de ontem (4), de Samuel Nogueira Filho, 22 anos, e Júlio Rodrigues da Silva, 22 anos, chocou o bairro Compensa (Zona Oeste). De acordo com os policiais da 8º Companhia Interativa comunitária (Cicom), os homens que foram atingidos com quase 30 tiros dentro de uma lanchonete, eram soldados da facção Família do Norte (FDN).

    Segundos policiais, depois da dupla, recusar o convite de migrar para o Comando Vermelho - CV (facção de origem carioca), as vítimas pagaram com a própria vida. Essa briga entre facções rivais por território, começou no final do ano de 2019, e a Compensa tem sido palco de crimes como este, de acordo com a PM.

    Dessa vez, o assassinato aconteceu em uma pizzaria, situada na rua 28 de Agosto. Além de dois mortos, outras cinco pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio (Zona Leste).

    Samuel estava iniciando, neste dia, um trabalho no estabelecimento como entregador. O jovem foi morto com 17 tiros e foi o primeiro alvo de seis homens. Em seguida foram disparados outros 11 tiros em direção ao pizzaiolo Júlio.

    Os criminosos fugiram sem serem identificados após as execuções. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).