Fonte: OpenWeather

    Foragido da Justiça


    Após assassinato, polícia diz que namorado de miss fugiu para Roraima

    Apartamento será alvo de uma nova perícia, pois equipes de investigações têm novos questionamentos sobre o caso

    | Foto: divulgação

    Manaus - Na manhã desta quarta-feira (13), a delegada Sandra Ribeiro, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou sobre o andamento do caso da técnica em enfermagem e miss Manicoré Kimberly Karen Mota, encontrada morta na madrugada da última terça-feira (12), no apartamento do namorado, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus.

    Após a família da vítima veicular nas redes sociais que o namorado de Kimberly e principal suspeito do crime, Rafael Fernandez Rodrigues, de 31 anos, teria sido preso em Roraima, a polícia esclareceu o que de fato foi identificado no Estado, situado no extremo norte no país.

    Segundo a delegada, ele foi localizado em Roraima, cidade de Boa Vista, após passar na Barreira Sanitária e assinar documento epidemiológico.

    "Ele foi visto entrando em Boa Vista após passar pela barreira. Um bombeiro, que estava de serviço, o parou e confirmou que ele passou lá", disse a delegada. Confira o documento, que teria sido preenchido e assinado pelo suspeito:

    | Foto: Divulgação

    Sandra também confirmou que ainda não há imagens do possível veículo que Rafael estava, e as buscas estão sendo feitas para localizá-lo, mas que, no momento, não é possível dar mais detalhes para não comprometer a operação.

    A delegada também fala que existem imagens das câmeras de segurança do apartamento, que comprovam que Rafael não premeditou o crime, e a possível discussão antes de Kimberly ser esfaqueada não é descartada pela polícia.

    Há também a realização de uma nova perícia iniciada após acesso às imagens das câmeras. "Conversando com os peritos, surgiram algumas questões quanto ao local do crime. Assim, o Instituto de Criminalística achou melhor fazer uma nova perícia no local - para ser confirmada a dinâmica do crime", disse a delegada Sandra.

    Novas informações sobre o caso e possível localização do suspeito serão noticiadas no decorrer da operação, pela DEHS.