Fonte: OpenWeather

    Caso Miss


    Rafael Rodrigues deixa cadeia em Boa Vista rumo a Manaus

    Rafael Rodrigues deve chegar em Manaus na noite deste sábado (16)

    | Foto: Aldenio Soares

    Manaus- O analista judiciário Rafael Fernandez Rodrigues, de 31 anos, principal suspeito da morte da Miss Manicoré, Kimberly Karen Mota, de 22 anos, que foi preso nesta sexta-feira (15), na cidade Pacaraima, no Estado de Roraima, deixou o 2° Distrito Policial de Boa Vista, por volta das 13h30, rumo a Manaus.

    O delegado Paulo Martins da Delegacia Especializada de Homicídios de Sequestros (DEHS) foi com uma equipe para Boa Vista  para buscar Rafael de viatura e deve chegar a Manaus na noite deste sábado, para ser ouvido na sede da especializada.

    De acordo com o delegado-geral Herbert Amorim, em coletiva neste sábado (16), Rafael que foi preso com um papel de instruções para viajar no país vizinho, chegou a tentar atravessar a fronteira, mas foi impedido pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e voltou ao esconderijo.

    Ainda em seu depoimento, o suspeito disse que sabia que era procurado e pediu abrigo aos venezuelanos, em troca de dinheiro, mas alegou que os imigrantes não sabiam que ele estava foragido.

    Rafael vai prestar esclarecimentos na sede da DEHS assim que chegar em Manaus. “A gente espera que ele conte o que realmente aconteceu e que possa esclarecer alguns pontos para dar o fim nesse inquérito”, disse Zandra Ribeiro, delegada adjunta da DEHS

    Rafael foi levado a Boa Vista durante a madrugada deste sábado (16) e após realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), passou o resto da noite na carceragem do 2° Distrito Policial. 

    Veja o vídeo da prisão:

    | Autor: Divulgação