Ação Policial


Quadrilha que 'tocava o terror' em Manaus é presa após perseguição

Suspeitos são responsáveis por uma sériede assaltos no bairro Coroado, Aleixo e Japiim. Durante a perseguição, o bando ainda fez disparos contra as equipes policiais

Os quatro foram reconhecidos pelas vítimas
Os quatro foram reconhecidos pelas vítimas | Foto: Divulgação

Manaus - Acabou a farra para quatro integrantes de uma quadrilha que estavam causando o terror em vários bairros da capital amazonense. Na tarde desta quarta-feira (20), os suspeitos foram capturados após uma intensa perseguição policial que terminou na avenina Beira Mar, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. 

Os suspeitos. que não tiveram as identidades divulgadas, possuem 14, 19, 20 e 23 anos. O quarteto é responsável por uma série de assaltos no bairro Coroado, Aleixo e Japiim. Eles cometiam os crimes em um carro Hyundai i30, que havia sido roubado na noite de terça-feira (19), na avenida Cosme Ferreira, bairro São José. 

Segundo o tenente Barroso, da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), os alvos da quadrilha erma pedestres e estabelecimentos comerciais. Durante a perseguição, o bando ainda fez disparos contra as equipes policiais.

"Recebemos as características do veículo e conseguimos localizar na avenida André Araújo. Eles não obedeceram a nossa abordagem e continuaram em fuga. Atiraram contra a viatura e jogaram vários objetos roubados no caminho, além das armas, mas conseguimos interceptá-los. Tivemos apoio das equipes da 1ª e 11ª Cicom e da Rocam", destacou o policial, que coordenou as ação. 

Trecho da perseguição antes da prisão | Autor: Divulgação
 

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento que os suspeitos tentavam fugir das viaturas em alta velocidade. 

Os policiais revistaram o carro e encontraram nove celulares, dois capacetes, relógios, joias e dinheiro que haviam sido roubados. Os suspeitos foram encaminhados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram reconhecidos pelas vítimas.

"Oito pessoas atacadas pela quadrilha foram até a delegacia para prestar queixas, inclusive falaram que todos os quatros suspeitos usavam armas. O proprietário do carro; que havia sido roubado e estava sendo usado nos crimes. também compareceu na unidade policial", explicou o tenente Barro. 

O menor de idade deve ser encaminhado à Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (Deaai), já os outros comparsas devem permanecer no 1º DIP à disposição da Justiça.