Homicídio


Garota de programa é executada com 4 tiros no Centro de Manaus

A vítima estava na rua Lobo D'Almada quando foi atacada por criminosos, que chegaram no local em um carro. A jovem foi morta na mesma rua onde outra garota de programa, a Barbie do tráfico, foi assassinada há 8 meses

O corpo de Mayara deve ser removido para o Instituto Médico Legal
O corpo de Mayara deve ser removido para o Instituto Médico Legal | Foto: Divulgação

Manaus - Uma garota de programa, identificada até o momento apenas como Mayara Crysten, foi executada com quatro tiros na noite desta quarta-feira (20), na rua Lobo D'Almada, Centro de Manaus. 

Conforme informações repassadas à 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a vítima estava em via pública quando, por volta das 22h, foi atacada por criminosos, que chegaram ao local em um carro modelo Sedan, de cor prata e placa não identificada. Os suspeitos fugiram sem ser identificados. 

A vítima foi atingida com dois tiros na cabeça, um no pescoço e um no peito. Ela ainda foi socorrida e levada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro São Raimundo, mas morreu na unidade de saúde. 

A região onde ocorreu o ataque é bastante conhecida pelas boates e ponto de prostituição na capital. No entanto, a polícia ainda não teria informações sobre a motivação da morte de Mayara.

 "Não sabemos se ela tinha desavenças ou atuava no tráfico de drogas daquela área", explicou um policial da 24ª Cicom. 

O corpo de Mayara deve ser removido para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil deve investigar o caso. 

Caso Barbie 

Há 8 meses outro assassinato ocorreu na mesma rua. A vítima foi a também garota de programa Fernanda Caroline Chaves Pinho, de 25 anos, conhecida como "Barbie" ou "Bárbara Carolina". Ela foi assassinada com quatro tiros. 

A jovem estava em uma boate de striptease, onde trabalhava, quando recebeu uma ligação misteriosa.  Ao chegar no local do encontro marcado, Fernanda foi surpreendida a tiros por um homem que estava a pé. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.