Investigação


Suspeito de matar PM deixa delegacia e policiais fazem diligências

O delegado Paulo Martins informou que as equipes da especializada estão em diligências do caso. Nenhuma informação sobre o suspeito foi repassada à imprensa

O suspeito deixou a especializada acompanhado de policiais civis da DEHS
O suspeito deixou a especializada acompanhado de policiais civis da DEHS | Foto: Suyanne Lima

Manaus - Um dos suspeitos de participar da morte do sargento da Polícia Militar Manoel José Martins Lima, de 54 anos, que se apresentou espontaneamente na tarde desta segunda-feira (15), no prédio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deixou o local no fim da tarde. Ele estava acompanhado de policiais civis fortemente armados em, pelo menos, duas viaturas. Ainda não há informações sobre a identidade dele, mas a Polícia Civil informou que a equipe está em diligências sobre o caso. 

Por meio de nota, o delegado Paulo Martins, titular da especializada informou que no momento não poderá falar sobre o assunto para não atrapalhar os trabalhos. Assim que os procedimentos forem concluídos, o resultado será divulgado durante coletiva de imprensa.

O Em Tempo conseguiu flagrar o momento em que o suspeito deixou a especializada após se apresentar acompanhado de uma advogada. Conforme uma fonte policial, foi representado à Justiça o pedido de prisão em nome do suspeito.  Porém, até às 16h, a ordem judicial ainda não havia sido expedida e o suspeito poderia ser liberado a qualquer momento. Atualizações sobre o caso deverão ser divulgadas posteriormente. 

A morte

O sargento Manoel Lima fazia parte do efetivo da 7ª Cicom
O sargento Manoel Lima fazia parte do efetivo da 7ª Cicom | Foto: Divulgação

Conforme informações repassadas à polícia, o sargento e um pedreiro estavam em uma motocicleta na noite da última quarta-feira (10), no bairro Petrópolis, na Zona Sul de Manaus, a  caminho de uma loja de materiais de construção para fazer compras de equipamentos, quando foram perseguidos pelos assassinos que estavam em outra moto, de cor preta. Eles atiraram diversas vezes contra eles. 

O PM morreu no local, onde foi atingido com 14 tiros e o pedreiro foi atingido com um tiro no braço esquerdo.. A dupla de suspeitos fugiu logo após o crime.  

Acompanhe o momento em que o suspeito deixa a DEHS:

O suspeito estava algemado e foi conduzido a uma viatura da PC | Autor: Rogério Barros
 

Leia Mais

Homem resiste à prisão, agride sargento e tenta roubar arma em Manaus

Homem que exibia arma e debochava da PM na internet é preso em Manaus

Vídeo mostra momento que PM é baleado por tenente do Exército no AM