Fonte: OpenWeather

    Esquema criminoso


    Vídeo: Ao invés de vítimas da Covid, caixões lacrados tinham maconha

    O motorista disse que estava transportando vítimas da Covid-19, mas na verdade o carro estava "até o tucupi" de maconha

    O carro funerário foi parado pela polícia e o motorista, de 22 anos, foi questionado sobre o destino | Foto: Divulgação

    O carro funerário foi parado pela polícia e o motorista, de 22 anos, foi questionado sobre o destino
    O carro funerário foi parado pela polícia e o motorista, de 22 anos, foi questionado sobre o destino | Foto: Divulgação

    A Polícia de Goiás apreendeu 300 kg de maconha que estavam escondidos dentro de caixões em um carro funerário no trecho da cidade de Jataí, a 300 quilômetros de Goiânia.

    Durante uma operação na BR-060, o carro funerário foi parado pela polícia e o motorista, de 22 anos, foi questionado sobre o destino. Ele afirmou que estava levando vítimas da Covid-19, mas foi preso depois que os policiais desconfiaram e abriram o caixão, encontrando a droga. 

    A carga, que saiu do Mato Grosso do Sul com destino a Goiânia, continha centenas de tabletes lacrados de maconha.

    O motorista foi preso em flagrante e pode cumprir pena de até 15 anos de prisão. A Polícia Civil agora comanda a investigação.

    Veja a reportagem: 

    | Autor: SBT Notícias