Tentativa de Homicídio


Jovem invade hospital na Zona Leste de Manaus em busca de socorro

Desesperado, homem entrou nas dependências do Hospital Platão Araújo seguido por um grupo que queria matá-lo

Homem disse que queriam matá-lo porque o mesmo se envolveu com mulher compromissada | Foto: ARQUIVO EM TEMPO

Manaus- Um homem de 23 anos invadiu o Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo pedindo por “socorro”. Na noite dessa quinta-feira (18), o sujeito que não teve a identidade revelada estava sendo perseguido por um grupo de aproximadamente 13 pessoas. Quando um deles sacou uma arma de calibre 38 e iria efetivar a execução, o policial que estava de serviço na guarda do hospital chegou e impediu o homicídio. O caso ocorreu na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

As pessoas que esperavam por atendimento na unidade ficaram com medo e sem entender o que estava acontecendo. Segundo testemunhas, uma mulher desmaiou com essa situação. “Quando escutei os gritos do rapaz dizendo ’Socorro me ajuda, vão me matar’ tive medo”, disse uma mulher que estava na hora da situação.

Versão da ocorrência

Questionado pela polícia, o invasor afirmou que estava fugindo dos homens que queriam matá-lo por conta de uma mulher. De acordo com a história da vítima, além de terem agredido fisicamente, a intenção do bando era tirar a vida deste homem, porque ele havia se relacionado sexualmente com a namorada de um deles. Vale ressaltar que de acordo com a Polícia Militar (PM), o homem já possui ficha criminal pelo crime de roubo.

Ainda de acordo com informações da PM, um dos agressores da gangue de 29 anos, foi preso por policiais da 27º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e encaminhado ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Com escoriações, a vítima também foi para a delegaria para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.  

Leia Mais

No susto, trabalhador reage e leva tiros de bandidosem Manaus

Prints de falsa entrega de cartões “Apoio Cidadão” serãoenviados a PC