Fonte: OpenWeather

    Agressões


    Idoso com Alzheimer é espancado pelo filho após derrubar penico

    O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (19). A vítima foi agredida com vários chutes pelo filho após derrubar um penico com necessidades fisiológicas

    Fabrício foi preso após agredir o próprio pai com chutes
    Fabrício foi preso após agredir o próprio pai com chutes | Foto: Divulgação

    Manaus - O idoso Francisco Gomes Pereira, de 74 anos, portador de Alzheimer, foi brutalmente espancado pelo próprio filho após deixar um penico com necessidades fisiológicas cair no chão. Parte do líquido acabou pingando em Fabrício do Nascimento Pereira, de 18 anos, que ficou revoltado e agrediu o pai. O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira (19), por volta das 6h, na casa da família, localizada na rua Londres, comunidade Nova Conquista, na Zona Leste de Manaus. 

    Conforme Ivone Pereira, que é filha de Francisco, a cuidadora do seu Francisco estranhou o fato do idoso não ter sido levado até a residência dela. Desconfiada, a profissional decidiu ir até a casa do idoso e flagrou o momento que o filho chutava a vítima. Na mesma hora, a mulher telefonou para um dos filhos do paciente e pediu ajuda para acionar os policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). 

    "Não é a primeira vez que meu irmão demonstra comportamentos agressivos. Quando ele tinha apenas 16 anos, ele quebrou um bebedouro e bateu no meu pai. Na época, ele acabou recebendo uma chance da Justiça para mudar, mas sempre teve esse tipo de comportamento. Há um tempo atrás, ele se relacionou com uma mulher que possuía deficiência intelectual e ela também agrediu meu pai. Só moram os dois naquela casa. Meu irmão deveria cuidar do meu pai, mas faz totalmente o contrário", explicou Pereira. 

    Segundo a filha, os policiais militares da 14ª Cicom atenderam a ocorrência e deram voz de prisão em flagrante para Fabrício. O idoso foi socorrido na própria viatura e levado para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, naquela mesma zona da cidade. No lugar, Ivone relatou que o pai apresentou problemas nos rins já que Fabrício se negava a dar água ao idoso.

     "Queremos que Fabrício fique preso. Ele é violento e mau-caráter. Temos medo de que ele seja solto em audiência de custódia. Vizinhos relatam que, frequentemente, ele tem esses surtos e agride meu pai. Não acreditamos que a Justiça vai deixar que ele fique solto. Fabrício tem que ficar um bom tempo na cadeia, pois meu pai está cheio de hematomas e o exame de corpo de delito pode comprovar isso", destacou a filha do idoso.

    Procedimentos

    Fabrício recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido ao prédio do 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram adotados os procedimentos cabíveis. Ele deve passar por audiência de custódia na manhã de sábado (20) e fica à disposição da Justiça. Já o idoso permanece internado, recebendo cuidados médicos na unidade hospitalar.