Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Com intensa aglomeração, bares e casa de show são fechados em Manaus

    Central Integrada de Fiscalização fecha nove estabelecimentos com intensa aglomeração em Manaus, durante a pandemia da Covid-19

    Fiscalização fechou nove estabelecimentos e autuou 12 bares
    Fiscalização fechou nove estabelecimentos e autuou 12 bares | Foto: Carlos Soares / SSP-AM

    Manaus - Central Integrada de Fiscalização (CIF) fecha nove estabelecimentos por descumprimento do decreto estadual que proíbe a abertura de bares e casas noturnas durante a pandemia mundial. A ação ocorreu nas zonas Norte, Leste, Sul e Centro-Sul de Manaus na última sexta-feira (3). 

    Com duas equipes divididas por áreas, a CIF iniciou a ação por volta das 19h e terminou meia-noite. No bairro Centro, zona Sul da capital, uma casa de show foi fechada. Já no Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul, um bar foi interditado. Nos locais, havia intensa aglomeração.

    Seis bares foram notificados pelos órgãos que integram a Central de Fiscalização
    Seis bares foram notificados pelos órgãos que integram a Central de Fiscalização | Foto: Carlos Soares / SSP-AM

    Além dos fechamentos, 12 bares foram autuados e seis notificados pelos órgãos que integram a CIF. De acordo com o tenente-coronel da Polícia Militar, Fábio Honda, que coordenou a operação, a notificação do Corpo de Bombeiros foi por Auto de Conformidade de Processo Simplificado (ACPS) vencido.

    “Sendo verificado que está vencido esse Auto, o estabelecimento é notificado e o responsável tem cinco dias para se regularizar. Não regularizado, é multado. Permanecendo no erro, não pagamento da multa, é interditado”, disse o tenente-coronel da Polícia Militar.

    Tenente-Coronel Fábio Honda, da Polícia Militar, foi quem coordenou a operação integrada
    Tenente-Coronel Fábio Honda, da Polícia Militar, foi quem coordenou a operação integrada | Foto: Carlos Soares / SSP-AM

    Já os estabelecimentos autuados terão até três dias para apresentar defesa. Se não houver a justificativa, serão multados e o valor depende do que for analisado no processo, ainda conforme informações do tenente-coronel.

    Participaram da ação a Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), da SSP-AM, Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Visa Manaus, Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), além de outros órgãos de fiscalização e controle do governo do Estado e Prefeitura de Manaus.

    *Com informações da assessoria.

    Leia mais

    Casa de Forró é fechada durante fiscalização em Manaus

    Fiscalização fecha 17 bares irregulares em todas as zonas de Manaus