Fonte: OpenWeather

    Confusão


    Conflito em pousada deixa feridos em Presidente Figueiredo

    Clientes se revoltaram ao chegar na pousada reservada e não ter quartos para dormir

    Na confusão, os feridos foram parar no hospital da cidade onde precisaram passar por procedimentos cirúrgicos | Foto: Reprodução

    Presidente Figueiredo - A terra do cupuaçu é um dos pontos turísticos favoritos dos amazonenses, porém nesse final de semana se tornou palco de brigas e agressões. Um grupo teria reservado quartos na Pousada Tucanos no último sábado (4), mas ao chegarem no estabelecimento foram informados de que não havia quartos disponíveis. Com os ânimos alterados e revoltados com a situação, os clientes começaram a xingar os funcionários e fizeram o uso de um taco de madeira. O conflito foi parar no Distrito Policial de Presidente Figueiredo.

    O caso ganhou proporção nas redes sociais esta semana, afinal muitos manauaras têm o hábito de pernoitar em Figueiredo e fazem a reserva com antecedência devido o número de turistas na cidade aumentar nos finais de semana. O Em Tempo entrevistou Ivone Chavier, proprietária da pousada, que afirmou está assustada e ainda incrédula com o acontecimento.

    “Trabalho há 20 anos com turismo, o que vivemos esses dias nunca foi visto antes. Sempre trabalhamos de maneira correta obedecendo as normas e os direitos do consumidor. Essas pessoas haviam reservado pelo telefone os quartos e dado uma entrada de cinquenta por cento em uma diária. Mas lotamos na sexta (3) e nenhum hóspede desocupou os apartamentos. Pedimos desculpas, devolvemos o dinheiro, mas mesmo assim eles não aceitaram”, explicou a proprietária.

    As imagens das pessoas que ficaram feridas no conflito
    As imagens das pessoas que ficaram feridas no conflito | Foto: Arquivo Pessoal

    A Tucanos está localizada na avenida Maçaranduba, nº 606-704, bairro Honório Roldão em Presidente Figueiredo-AM. Na noite do ocorrido, quem estava trabalhando era Matheus Chavier de 18 anos (filho da dona de Ivone). Sem saber o que fazer diante das ameaças e xingamentos, o jovem pediu ajuda do irmão Patrick Chavier, de 24 anos e a cunhada Thays Souza, de 19 anos. Sem conseguir conter os ânimos, Patrick foi atingido por uma espécie de taco de madeira na cabeça e começou a sangrar.

    “Na hora da confusão eu havia saído para o supermercado, quando cheguei com Henrique (namorado) e vi o que estava acontecendo não acreditei. Eram quatro mulheres e três homens. Todos agressivos,  ofendiam com palavras ,empurravam e batiam. O mais agressivo era o que estava com o taco nas mãos. Foi Deus que nos ajudou naquele momento. Alguns hóspedes flagraram as cenas e chegaram a separar a briga. Tentei acionar a polícia local, mas não obtive sucesso”, relatou Ivone.

    Feridos

    Na confusão, os feridos foram parar no hospital da cidade onde precisaram passar por procedimentos cirúrgicos. Patrick levou sete pontos na cabeça, Thays além de ter apanhado por quatro mulheres, precisou suturar a cabeça, e Henrique precisou pontuar a região dos lábios.  

    Suspeito

    O homem acusado de estar com o taco e agredir fisicamente aos funcionários da pousada foi identificado como José Diogo da Silva Neto. Segundo informações ele mora em Manaus, e reside no bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul da capital amazonense. O objeto usado na briga foi retido pela Polícia Civil do local. O fato será investigado pela especializada da cidade.

    Direito do consumidor

    De acordo com o Código de Defesa do Consumidor no artigo 49, consumidor que adquirir pacote de viagem ou mesmo reserva em hospedaria – Hostel, Pousada ou Hotel, que venha a ter sua reserva cancelada, sem aviso prévio, tem direito ao ressarcimento dos valores pagos antecipados, e, dependendo do caso, terá direito à indenização por danos morais e/ou materiais. 

    Leia Mais:

    Arthur Neto diz que ‘o pior já passou’ e fazalerta sobre Covid-19


    Vídeo! Carro capota e trânsito fica lento em via de Manaus

    Motociclista é atropelado por carro na Cidade de Deus e morre