Fonte: OpenWeather

    Ação Policial


    ‘Pais fizeram empréstimo para soltar ele’, diz PM que prendeu vizinho

    Quando era conduzido para delegacia, o suspeito ainda ofendeu o policial. Essa é a terceira prisão do jovem pelo crime de tráfico de drogas

    Com o suspeito foram apreendidos várias porções de entorpecentes e dinheiro
    Com o suspeito foram apreendidos várias porções de entorpecentes e dinheiro | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - “Não teve consideração pelos pais, que já fizeram um empréstimo para soltar ele da cadeia”, esse é o depoimento do sargento Salazar, que prendeu o vizinho, identificado apenas pelo apelido de “Rugal”, de 21 anos. Ele estava comercializando entorpecentes em uma quadra de esportes, localizada no Núcleo 2, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, onde foi capturado. O jovem somou, na noite desta quinta-feira (16), a terceira passagem pelo crime de tráfico de drogas. 

    O sargento Salazar, que é lotado na 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), explicou que é amigo pessoal da família do suspeito e que já havia aconselhado o jovem a sair da vida do crime.

    “Eu já abordei ele uma vez, mas não tinha nada de ilícito e o entreguei na porta da casa dele. O irmão dele também era envolvido, mas chegou a ouvir meus conselhos e hoje tento conseguir um emprego para ele. O ‘Rugal’ preferiu a ilusão do tráfico de drogas”, disse o sargento. 

    Material apreendido com o suspeito
    Material apreendido com o suspeito | Foto: Daniel Landazuri

    Ainda segundo o policial, nas duas primeiras vezes que “Rugal” foi preso, ele passou por audiência de custódia. Desta vez, ele deve cumprir pena em regime fechado em uma unidade prisional. 

    Com o suspeito foram apreendidos várias porções de entorpecentes e dinheiro. No momento em que era conduzido para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o suspeito ainda xingou o sargento.

    “Esse é um desgraçado”, disse “Rugal” ao se referir ao policial. Agora o jovem devem aguardar a decisão da Justiça na delegacia.

    Outro vizinho 

    Há quase três meses, o sargento Salazar havia capturado outro vizinho. A primeira prisão aconteceu no dia 27 de abril deste ano. Na época, o policial relatou que já tinha alertado o vizinho que ele poderia ser preso se não saísse do mundo das drogas.

    Veja o momento em que o suspeito xinga o policial na live 

    Leia mais 

    Líderes de facção voltam para o AM e podem causar impacto em presídios

    Amigos são baleados na comunidade Nossa Senhora de Fátima 1

    Ex-presidiário morto na Zona Norte costumava roubar carros, diz PM