Fonte: OpenWeather

    Fora de Circulação


    Em Manaus, dupla é presa com 100 kg de maconha avaliada em R$500 mil

    Conforme a Polícia Civil, a droga saiu do município de Maraã, foi transportada até Manacapuru e iria abastecer bocas de fumos da capital amazonense

    As equipes do Denarc devem continuar as investigações para tentar prender outros integrantes do grupo criminoso
    As equipes do Denarc devem continuar as investigações para tentar prender outros integrantes do grupo criminoso | Foto: Divulgação

    Manaus - Dois homens identificados pela polícia como Mouhamad Mourad, 45 anos, e Wan Douglas Souza da Fonseca, 28 anos, foram presos neste sábado (18), com mais de 100 kg de maconha do tipo skunk, avaliada em R$ 500 mil. A captura da dupla ocorreu em pontos distintos da capital amazonense e o entorpecente foi apreendido na comunidade Novo Reino, na Zona Leste de Manaus. 

    A dupla já era alvo de investigação de equipes da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). O titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, Rodrigo Torres, que participou da ação, informou que os suspeitos já estavam sendo monitorados. 

    "Descobrimos de onde a droga estava vindo e a rota que os suspeitos iriam fazer. Conseguimos acompanhar a chegada do entorpecente do município de Maraã até Manacapuru. A ação durou cerca de três dias", explicou Torres. 

    Ainda conforme o delegado, em Manacapuru, a droga foi armazenada em um veículo e os suspeitos seguiram para a capital, onde a maconha iria abastecer bocas de fumos. 

    Já na região metropolitana, equipes do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) passaram a acompanhar o veículo.

    "Percebemos que o Mourad entregou a chave do carro, onde supostamente estavam as drogas, para o Wan Douglas. Então as equipes foram divididas e perseguiram os dois suspeitos. O Mourad foi abordado perto do T1, na Constantino Nery, no Centro, mas nada foi achado no carro dele naquele momento. Já o Wan Douglas foi abordado no Novo Reino e estava com os entorpecentes", explicou o diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier.

    O diretor do Denarc informou, ainda, que durante a abordagem, Wan Douglas acabou ferido. "Ele tentou jogar o carro dele contra as viaturas, foi feito um disparo que apegou na janela do carro e estilhaços de vidros atingiram a perna do suspeito", disse o delegado. 

    Wan Douglas e Mouhamad Mourad e todo o entorpecente apreendido foram encaminhados para a Delegacia Geral. As equipes do Denarc devem continuar as investigações para tentar prender outros integrantes do grupo criminoso. 

    "Já identificamos mais nomes, mas serão mantidos em sigilos, para que possamos chegar no destinatário dessas drogas aqui em Manaus e a pessoa responsável por essa logística de transporte desse entorpecente", disse Mavignier.


    Leia mais

    Facções sofrem mais um baque: polícia apreende 312 kg de drogas no AM

    PC apreende R$ 2 milhões em drogas guardadas por “Coronel” no Tarumã

    Em 2020, Denarc já apreendeu mais de 3 toneladas de drogas