Fonte: OpenWeather

    Troca de tiros


    Morre segundo envolvido em assalto frustrado por policial em Manaus

    Os criminosos tentaram roubar a motocicleta de um tenente da Rocam, que estava à paisana e reagiu

    Policiais da Rocam em frente ao Hospital Platão Araújo
    Policiais da Rocam em frente ao Hospital Platão Araújo | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - Morreu o segundo assaltante envolvido na ação que deixou um tenente da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) ferido. O suspeito, identificado como  Kenderson Maquiné Almeida, de 23 anos, morreu ao trocar tiros com policiais militares, na madrugada dessa sexta-feira (31), no beco Zoizita, no Conjunto São Lucas, Tancredo Neves, na Zona Leste.

    Kenderson e o comparsa, Alexsandre Padilha da Silva, 25 anos, tentaram assaltar a motocicleta do tenente da Rocam, na avenida na avenida Autaz Mirim, na Zona Leste de Manaus 

    O policial estava à paisana e quando percebeu a ação dos suspeitos reagiu ao assalto. Ele trocou tiros com os criminosos e acabou sendo baleado na barriga. Mesmo ferido, o oficial pilotou a motocicleta até o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, onde pediu ajuda médica. 

    Durante a ação, o PM conseguiu balear Alexsandre, que também foi detido e agredido pela população. Ele ainda foi socorrido e levado para o Platão Araújo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Kenderson Maquiné conseguiu fugir, mas foi localizado horas depois em um casebre na rua Buriti, no Tancredo Neves, também na Zona Leste. Os policiais foram recebidos a tiros no local e o suspeito acabou sendo baleado na troca de tiros. 

    O suspeito ainda foi levado para o hospital, mas chegou sem vida à unidade de saúde. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

    Leia mais: 

    Tenente da Rocam é baleado ao reagir a assalto na avenida Autaz Mirim

    Assaltante que baleou tenente da Rocam morre em hospital

    Na Compensa, operação da SSP prende seis com armas, dinheiro e drogas