Vingança


Cliente furioso mata garota de programa e fere amiga dela em Manaus

A amiga da vítima, que também trabalhava como garota de programa, foi baleada no braço. Testemunhas relataram que o suspeito do crime era um cliente e que na semana passada teria sido roubado por elas

Ambas as vítimas atuavam como garota de programa na localidade
Ambas as vítimas atuavam como garota de programa na localidade | Foto: Reprodução

Manaus - Uma mulher, identificada até o momento apenas como Kelli, foi morta a tiros e amiga dela, Naianne F. R., de 27 anos, ficou ferida durante um atentado na madrugada desta terça-feira (17). O caso ocorreu por volta de 1h30  na rua Cleópatra, comunidade Bairro Novo, bairro Jorge Teixeira, nona Leste de Manaus.  

Conforme a polícia, ambas as vítimas atuavam como garotas de programa naquela localidade. Kelli foi atingida com tiros nas costas e na nuca. Naianne foi baleada no braço direito e também ficou ferida com estilhaços de projétil de arma da fogo que acertaram o olho esquerdo dela. 

A sobrevivente contou que à  30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que Kelli estava conversando com um homem dentro de um carro vermelho, de modelo e placa não identificados, quando também entrou no veículo para chamar a amiga. 

No momento em que as duas desceram do automóvel foram atacadas pelo suspeito, que conduzia o carro. Testemunhas relataram que o homem era um cliente das garotas de programa e que na semana passada teria tido o celular roubado por uma delas.

Ainda conforme relatos de testemunhas, o suspeito foi tentar reaver o aparelho, mas após não conseguir resolveu se vingar das mulheres. 

Kelli morreu no local e o corpo dela foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). Já Naianne foi socorrida e levada para o Hospital Platão Araújo, onde segue internada. 

O suspeito fugiu sem ser identificado. O caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

Leia mais 

Adolescente morre com 4 facadas ao tentar defender namorado em Manaus

Mulher é morta a terçadadas dentro de galpão abandonado em Manaus

Taxa de homicídios de mulheres no AM é a sexta maior do Brasil