Fonte: OpenWeather

    Ficha criminal


    Confronto no Santo Agostinho: um dos mortos era fugitivo do Compaj

    O suspeito também foi um dos responsável pelo assalto que levou um coronel da PM ao coma induzido

     

    Cassiano tinha passagem na polícia por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo
    Cassiano tinha passagem na polícia por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo | Foto: Divulgação

    Manaus -  Um dos mortos em um confronto com a polícia que ocorreu na madrugada deste domingo (21), no bairro Santo Agostinho, zona Oeste de Manaus, foi identificado como Cassiano Pinho da Silva, de 27 anos. O homem já tinha passagem pela polícia por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo, e foi um dos foragidos nas fugas do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), em 1° de janeiro de 2017.

    Em 2012, Cassiano foi apontado como um dos assaltantes que atingiu o coronel da Polícia Militar (PM), Luiz Gonzaga da Silva Júnior, com um tiro no abdômen, após uma ação criminosa em uma padaria em Manaus. 

    O crime causou revolta na capital, e Cassiano se apresentou voluntariamente no Comando Geral da Polícia Militar, onde as investigações indicavam o homem como o principal responsável pelos disparos. O coronel atingido chegou a entrar em coma induzido.

     

    Cassiano foi recapturado na casa de parentes
    Cassiano foi recapturado na casa de parentes | Foto: Divulgação

    Em 2017, enquanto cumpria pena em regime semiaberto no Compaj, Cassiano também foi um dos fugitivos da rebelião que resultou em 60 mortes e 225 foragidos. Ele foi preso novamente dias após a fuga, encontrado pela polícia na casa de parentes, no bairro Lírio do Vale, zona oeste de Manaus.

     Confronto do Santo Agostinho

    Ao menos três homens morreram em um confronto contra a Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) no bairro Santo Agostinho. No local, os criminosos trocaram tiros com a polícia, que revidou e atingiu três homens no total.

    Os três homens foram encaminhados ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias durante a madrugada, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

    Leia mais:

    Ataque: Dois homens são assassinados a tiros e um é baleado em Manaus

    Dois homens são assassinados depois de tiroteio no Santo Agostinho

    Desova: Dois corpos são deixados em rua do Santo Agostinho