Fonte: OpenWeather

    Ataque


    Ataque deixa soldador morto e primo baleado na Compensa

    Avós das vítimas presenciaram a ação criminosa


    Manaus - Um ataque criminoso no bairro Compensa, na Zona Oeste, resultou na morte do soldador  Felipe Siqueira Pereira, de 30 anos. O primo dele de 36 anos de idade foi baleado. A ação criminosa  ocorreu na frente dos avós dos dois, com idade de 69 e 85 anos.

    O caso foi registrado por volta das 19h desta terça-feira (15), na rua Cristo Rei, do bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus. Conforme o tenente Celso Lopes, da 8° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois homens chegaram na casa da família das vítimas no momento em que eles estavam jantando. Um deles ficou do lado de fora e um atirou contra Felipe.

    "

    Esse indivíduo que atirou ainda chamou pelo nome de Felipe. Após efetuar os disparos no peito e na cabeça dele, o primo dele ainda tentou travar luta corporal para defendê-lo, mas acabou sendo baleado no tórax e de raspão no braço. Os dois foram socorridos pelos próprios familiares até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, mas Felipe não resistiu aos ferimentos "

    tenente Celso Lopes, 8° Companhia Interativa Comunitária (Cicom)

     


    O tio dos jovens, um homem de 49 anos que preferiu não se identificar, contou que os dois primos e os avós deles presenciaram a execução.

     

    O caso foi registrado por volta das 19h desta terça-feira (15), na rua Cristo Rei, do bairro Compensa
    O caso foi registrado por volta das 19h desta terça-feira (15), na rua Cristo Rei, do bairro Compensa | Foto: Divulgação


    "O Felipe é soldador e o William estava desempregado. Eles tinham a casa deles do lado da casa da minha mãe e estavam jantando. Nenhum deles tinha envolvimento com facção ou com o tráfico. Os dois eram trabalhadores. Pelo que a gente sabe o alvo seria o Felipe e o William tentou protegê-lo. É um momento muito difícil para nossa família. O que sabemos é que ele teria envolvimento com uma mulher que não era boa peça", relatou o tio, que suspeita de crime passional.

      O corpo de Felipe foi encaminhado ao necrotério da unidade hospitalar. Já William foi transferido ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde irá receber atendimento especializado.  


    O corpo de Felipe será removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Até o momento nenhum dos autores do crime foi preso.


    Confira a live:



    Leia Mais:

    Em fuga cinematográfica, autor de chacina fere policiais

    Autônomo é executado em via pública no Zumbi dos Palmares

    Homem confessa ter torturado e matado jovem no Tarumã