Fonte: OpenWeather

    Justiça com as próprias mãos


    Suspeito de roubar celular é espancado até a morte, em Manaus

    Os populares acionaram a polícia, no entanto, quando chegaram ao local, o suspeito já estava sem vida

     

    O suspeito havia feito o assalto de um telefone celular em um ônibus da empresa Eucatur e foi perseguido logo em seguida
    O suspeito havia feito o assalto de um telefone celular em um ônibus da empresa Eucatur e foi perseguido logo em seguida | Foto: Reprodução

    Manaus - Após suspeita de cometer um assalto em um ônibus, Edson Albuquerque, de 23 anos, foi espancado até a morte por populares no início da tarde deste domingo (20),  na rua H, no conjunto Canaranas, zona Norte de Manaus. A família de Edson esteve no local, reconheceu o corpo e afirmou que ele era usuário de entorpecentes. 

    De acordo com os policiais da 13º Companhia Interativa Comunitária (CICOM), o suspeito havia feito o assalto de um telefone celular em um ônibus da empresa Eucatur, que não foi identificada a linha, e conseguiu fugir após cometer o delito. No entanto, acabou sendo perseguido pela população do bairro, foi atropelado, e logo em seguida, linchado até a morte. 

    Os moradores acionaram a polícia e informaram o que aconteceu. No entanto, ao chegarem no local não encontraram os responsáveis pelo linchamento, apenas  o corpo de Edson jogado ao chão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi chamado, e foi constatado a morte do homem.

    O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), e a Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) irá investigar o caso. 

    Leia mais: 

    Trio é preso por suspeita de assalto na avenida Timbiras

    Partida de futebol é interrompida por tiroteio e um acaba morto

    Homem de 30 anos é morto com facada no pescoço em Manaus