Fonte: OpenWeather

    Ação Policial


    'Diabinho' é preso após furtar casa de policial civil na Compensa

    Suspeito estava sendo denunciado há pelo menos duas semanas por cometer furtos no conjunto Ipase

     

    Suspeito foi apresentado no 19] DIP
    Suspeito foi apresentado no 19] DIP | Foto: César Gomes

    Manaus - Uma ação criminosa cometida por Alef Madeira Costa, de 28 anos, conhecido como "Diabinho", foi interrompida na manhã desta segunda-feira (21), após a atuação de policiais militares e oficiais da Força Nacional. Ele estava sendo denunciado há pelo menos duas semanas por cometer furtos no conjunto Ipase do bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus. 

    Nesta manhã, o suspeito invadiu duas casas na rua B e C daquele conjunto, sendo que uma delas pertence a um policial civil. Após ser flagrado por uma moradora dentro do pátio da residência, a polícia foi acionada. 

    O tenente Bispo da 8° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) explicou que há pelo menos duas semanas as equipes estavam recebendo denúncias sobre um homem com as mesmas características de Alef que estaria cometendo furtos na área. 

     

    Com o suspeito foram apreendidos vários objetos
    Com o suspeito foram apreendidos vários objetos | Foto: Suyanne Lima

      "Conseguimos prendê-lo pelas redondezas após fazer um cerco policial ainda em via pública. Ele estava com materiais levados durante os crimes. Foi após uma moradora presenciar a ação criminosa que ele foi denunciado via 190", relatou.  

    A moradora que identificou Alef esteve na delegacia e deu detalhes do momento em que percebeu que o suspeito havia invadido a casa dela pela porta dos fundos. 

      "Eu só tive reação de chamar meu sobrinho. O suspeito entrou por volta das 8h30 e disse que só estava lá dentro porque queriam matá-lo. Eu imediatamente liguei para os policiais e ele fugiu", relatou a mulher que se identificou apenas como Renata.  

    Com o suspeito foram apreendidos vários objetos como joias, relógios, eletrônicos e capacetes. O caso foi encaminhado ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP). 

    Alef deve responder pelo crime de furto e irá passar por audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), no quilômetro oito da rodovia federal BR-174.

    Leia mais

    Mãe que tentou matar filha para se vingar de ex é presa; veja vídeo

    Fundo falso de carro é usado para esconder 24 kg de drogas em Humaitá

    Suspeito de roubar celular é espancado até a morte, em Manaus