Fonte: OpenWeather

    Crime


    Grupo encapuzado invade casa e mata jovem a tiros por suposto acerto

    Em depoimento à polícia, a esposa da vítima afirmou que ele teria envolvimento com o tráfico

     

    Casa da vítima, localizada na comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã
    Casa da vítima, localizada na comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã | Foto: Marcella Fernandes

    Manaus - Com o final de semana marcado pela violência em Manaus, mais um crime deixou moradores de um bairro em choque. Dentro da própria residência, um jovem de 23 anos foi morto a tiros na noite do último sábado (26). O assassinato aconteceu por volta das 20h40, na comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

      Identificado como Jefferson de Oliveira Alves, o autônomo foi surpreendido em casa por um grupo de três homens encapuzados, que dispararam contra o jovem. Alves não chegou a ser conduzido ao hospital, pois morreu logo em seguida no local. Ele estava acompanhado da esposa, que sobreviveu ao ataque sem ferimentos.  

    O incidente gerou grande aglomeração da comunidade, reunindo vizinhos e curiosos em volta da residência. Na ocasião, uma equipe da 20ª Companhia Interativa (Cicom) foi acionada para isolar o local. Responsável pela investigação, a 20ª Cicom afirmou que a morte apresenta características de execução.

    Segundo uma moradora da vizinhança, que preferiu não se identificar, o jovem já havia sido preso por tráfico de drogas e estava longe do crime há cerca de dois anos. 

    "

    Na hora, eu estava deitada e só ouvi os tiros. Moro ao lado da casa e, quando saímos na rua para entender a situação, nos deparamos com a esposa desesperada. Ele não estava mais no tráfico, mas estava desempregado, e eu o ajudava de vez em quando com comida "

    , lamentou a moradora

     

     

    Jefferson estava acompanhado da esposa, que sobreviveu ao ataque sem ferimentos
    Jefferson estava acompanhado da esposa, que sobreviveu ao ataque sem ferimentos | Foto: Divulgação

      Às 00h20 deste domingo (27), o corpo da vítima foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML). No laudo, consta como causa da morte hemorragia aguda por lesões no tórax e na cabeça.  


    Leia mais:

    Conselheiro Tutelar é morto com tiros na cabeça em praça no Amazonas

    Novo Airão: suspeito do assassinato do conselheiro tutelar é preso

    Trio ordenou morte de rival no dia do aniversário em Manaus, diz PC