Fonte: OpenWeather

    Brutalidade


    Após matar e comer partes do corpo da mãe, homem é condenado

    Segundo a promotoria, o acusado se alimentou de partes do corpo da mãe durante 15 dias

     

    O filho usou uma serra de carpinteiro e duas facas de cozinha para cortar as partes do corpo
    O filho usou uma serra de carpinteiro e duas facas de cozinha para cortar as partes do corpo | Foto: Reprodução Internet

    Madri - Após dois anos do crime que chocou o mundo, a Justiça da Espanha condenou Alberto SG a 15 anos e 5 meses de prisão por matar, desmembrar e comer parte do corpo de sua mãe em 2019. 

    O tribunal considerou que o homem, conhecido como “o canibal de Ventas”,  estava em posse de “suas faculdades mentais no momento dos fatos”. Por isso, ele cumprirá a pena na prisão.

      Conforme a denúncia, Alberto e a mãe, de 69 anos, tiveram uma discussão no apartamento em que os dois moravam em Las Ventas, em Madri, no início de 2019, segundo as informações da agência AFP e do jornal El Periodico.  

    Após estrangulá-la, uma serra de carpinteiro e duas facas de cozinha foram usadas para cortar as partes do corpo. Ainda conforme a promotoria, durante 15 dias, o acusado se alimentou de partes do corpo.

    *Com informações da IstoÉ


    Leia mais:

    Após surto, filho mata mãe idosa com travesseiro em Florianópolis

    Novo Airão: suspeito do assassinato do conselheiro tutelar é preso

    Condenado pela morte do menino João Hélio é preso no RJ