Fonte: OpenWeather

    Revolta pelo uso de máscara


    Cliente mata funcionário de mercado após pedido de uso máscara

    Inconformado com a solicitação da vítima, o cliente saiu do local e depois voltou esfaqueando o balconista até a morte

     

    O caso aconteceu em Taiwan
    O caso aconteceu em Taiwan | Foto: Divulgação

    Taiwan (CN) - Um cliente de um supermercado se revoltou com a obrigatoriedade do uso de máscaras para entrar ao local. Irritado com o pedido do balconista para que colocasse a proteção, o homem retornou ao supermercado e matou  o funcionário a facadas. De acordo com a notícia publicada pelo Meganoticias, o caso aconteceu na região de Taoyuan, em Taiwan, e chocou os moradores da cidade. 

      Testemunhas contam que tudo aconteceu quando o balconista do supermercado pediu ao cliente que utilizasse sua máscara, seguindo a obrigatoriedade do uso do equipamento como medida de proteção devido à pandemia da covid-19.  

    Inconformado com a solicitação da vítima, o cliente, visivelmente irritado, iniciou uma discussão e saiu da loja.

    Um tempo depois, o homem voltou e jogou uma máscara no rosto do balconista. Após ter feito isso, ele foi embora do local. O chefe da delegacia de polícia local, explicou o ocorrido, que aconteceu no dia 21 de novembro, e depois o cliente retornou ao supermercado pela terceira vez.

    Armado com uma faca, o homem apunhalou o funcionário repetidas vezes na região de seu peito. Mesmo após ser rapidamente socorrida, a mulher não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

    Em depoimento à polícia, o agressor disse não se lembrar do acontecido. Ele alegou sofrer de problemas psicológicos que não o permitem lembrar do “suposto caso de homicídio”.

    Leia mais: 

    Rio Preto da Eva libera uso de máscara em locais abertos

    "Vamos trabalhar para um Natal sem máscara", diz ministro Queiroga

    China espera ter coronavírus sob controle no fim de abril