Fonte: OpenWeather

    previsões


    "Por traição, Wilson Lima deve trocar secretários", alerta vidente

    Bàbáláwò Edson Martins fez outras previsões sobre a gestão de Wilson Lima e também comentou sobre Bolsonaro

    Bàbáláwò Edson Martins é um dos mais renomados do país
    Bàbáláwò Edson Martins é um dos mais renomados do país | Foto: Ione Moreno


    Manaus - O Portal Em Tempo buscou previsões para o cenário político do Amazonas com um dos bàbáláwòs mais conhecidos do Brasil. Edson Martins revelou situações bombásticas que vão acontecer nos próximos meses. Entre os pontos fortes de suas previsões está a traição que o governador do Amazonas Wilson Lima deve sofrer neste ano por parte do seu secretariado. Mesmo com essa possibilidade, Lima deve "dar a volta por cima" e finalizar 2019 em crescimento.

    De acordo com Edson, o governador Wilson Lima vai fazer o Amazonas crescer e cumprir o que prometeu. Além disso, o governante vai precisar trocar secretários por conta da traição de alguns.

    "Esse governador é inteligente. Está do lado dos pobres. Wilson vai trazer dinheiro para o Amazonas e vai conseguir fazer o Estado prosseguir. Mas é necessário atenção porque ele vai ter dificuldades em lidar com pessoas do seu governo, pois elas vão tentar enganá-lo. Por conta disso vai trocar alguns secretários”, previu Martins.


    Bàbáláwò Edson Martins Fez previsões para diversos campos, como emprego e empreendedorismo em 2019
    Bàbáláwò Edson Martins Fez previsões para diversos campos, como emprego e empreendedorismo em 2019 | Foto: Ione Moreno

     Em dezembro do ano passado, Wilson Lima escolheu os 27 nomes que compõe as secretarias e os órgãos do Estado. Entre os nomes são:

    ·         Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) - Coronel Marcus Vinícius Oliveira de Almeida;

    ·         Casa Militar - Coronel da Polícia Militar Fabiano Bó;

    ·         Secretaria de Segurança Pública (SSP) - Coronel da Polícia Militar Louismar Bonates;

    ·         Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) - Carlos Almeida, defensor público e vice-governador;

    ·         Procuradoria Geral do Estado (PGE) - Alberto Bezerra, procurador;

    ·         Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) - Marcia de Souza Sahdo, assistente social;

    ·         Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) - Caroline Braz, defensora pública;

    ·         Fundação de Amparo à Pesquisa no Amazonas (Fapeam) - Marcia Perales Mendes Silva, professora;

    ·         Controladoria Geral do Estado (CGE) - Alessandro Moreira da Silva, engenheiro químico;

    ·         Chefe de Gabinete do Governador - Jornalista Lúcia Carla Gama;

    ·         Casa Civil - Leandro Sousa Benevides, advogado;

    ·         Imprensa Oficial - Mário Jumbo Miranda Aufiero, delegado;

    ·         Agência de Desenvolvimento Sustentavel do Amazonas (ADS) - Flávio Cordeiro Antony Filho, advogado;

    ·         Departamento Estadual de Trânsito (Detran) - Rodrigo Sá, delegado;

    ·         Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) - Reneé Levy Aguiar, geólogo;

    ·         Secretaria de Estado de Educação - Luiz Castro, advogado e professor;

    ·         Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) - Carlos Henrique dos Reis Lima, engenheiro civil;

    ·         Secretaria de Comunicação Social (Secom) - Daniela Assayag, jornalista;

    ·         Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab) - Neila Maria Dantas Azrak, advogada;

    ·         Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) - Petrucio Pereira de Magalhães Júnior, engenheiro agrônomo;

    ·         Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) - Juliano Marcos Valente de Souza, engenheiro civil;

    ·         Defesa Civil - Tenente coronel bombeiro militar Francisco Ferreira Máximo Filho;

    ·         Secretaria de Estado do Meio Ambiente - Eduardo Taveira, sociólogo;

    ·         Procon-AM - Jalil Fraxe Campos;

    ·         Fundação Televisão Rádio e Cultura do Amazonas (Funtec) - Oswaldo Lopes Filho, radialista;

    ·         Secretaria de Estado de Cultura - Marcos Apolo;

    ·         AmazonasTur - Roselene Silva de Medeiros, relações públicas;

     O vidente não quis dizer quem dos secretários pode "puxar o tapete" de Wilson. Segundo o bàbáláwò, o governador,  com apoio do vice, o defensor Carlos Almeida, vai conseguir tirar o Amazonas da crise da saúde. Entretanto, ele vai precisar fazer umas viagens e vai pedir a ajuda de fora.

    “Não sei se esta ajuda será de órgãos, governo federal ou do exterior, mas os búzios falam muito em viagens”.

    Bàbáláwò Edson Martins
    Bàbáláwò Edson Martins | Foto: Ione Moreno


     Bolsonaro

     Desde o início do seu governo, Bolsonaro enfrenta divisão e confusão em seu governo. Divisões surgiram rapidamente entre as equipes política e econômica sobre os planos para reestruturar o complicado sistema tributário do país e a cara previdência para colocar o orçamento federal sob controle.

    No último dia 15, Bolsonaro assinou o decreto que facilita a posse de armas. A ministra da mulher, da família e dos direiros humanos do Bolsonaro, Damares Alves, foi alvo de críticas por dizer que “mulher usa rosa e homem azul” e também que “feministas gostam de homens porque são feias”. O outro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, também foi bastante criticado ao comparar o risco de arma de fogo a liquidificadores.

     Entre as revelações do bàbáláwò está o nome do presidente Jair Bolsonaro. Martins prevê muita guerra e crescimento com dificuldades.

    “Bolsonaro vai ser mais complacente para fazer o Brasil crescer. Eu vejo ‘Osa’ que quer dizer traição”.

    Bàbáláwò Edson Martins
    Bàbáláwò Edson Martins | Foto: Ione Moreno


     Saiba Mais

    Previsões sempre fizeram parte da história da humanidade, que encontrou nos oráculos um instrumento de orientação e auxílio, especialmente nas horas de decisões importantes.

     O bàbáláwo Edson Martins é de Recife que está em Manaus e joga Òrúnmìlà-Ifá, semelhante aos búzios do oráculo africano e de origem nigeriana. Outra diferença é que eles seguem o calendário africano de suas previsões que funcionam do meio do ano em diante. As previsões desta religião são reconhecidas pela Unesco. Ele também pretende organizar o primeiro Festival de Ifá em Manaus que tem previsão de acontecer entre fevereiro a março deste ano. Mais informações: (81) 99955-0859.

     Os Bàbáláwos, considerados os guardiões dos segredos, são os sacerdotes de Ọrúnmìlà. Representantes do mesmo no Àiyé (terra).

    Um Bàbáláwo autêntico é um indivíduo que além de passar por todos os processos iniciativos, e estes visam à comunhão do mesmo com as energias do universo e a aproximação de Deus, é submetido os mais profundos estudos sobre os segredos da vida.

    Bàbáláwò Edson Martins
    Bàbáláwò Edson Martins | Foto: Ione Moreno


     “Existem alguns sacerdotes que conseguem memorizar, mais de 2.556 versos. Dentro desses versos, que fala sobre a energia atual da pessoa, podemos identificar doenças espirituais e carnais no momento que o odu é sacado”, conta.

     Òrúnmìlà-Ifá portanto é aquele que através do jogo divinatório fala o seu passado, seu presente e seu futuro. É o código decifrado do destino individual de cada ser humano, sendo um culto específico onde os portadores desta sabedoria são chamados de Bàbáláwòs, “os Pais dos Segredos”. O Ifá é composto por 256 versos Odù, e cada verso Odù é composto por mais 16 sub-versos.

    Edição: Bruna Souza