Fonte: OpenWeather

    Notas de Contexto


    Venha ver o que a Zona Franca de Manaus tem, ministro!

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a fazer duras críticas à Zona Franca de Manaus

    Para Braga, a ZFM é muito mais que um modelo econômico | Foto: Malika

    Durante palestra “A Nova Economia do Brasil”, promovida pelo Sistema Jangadeiro, grupo de comunicação com emissoras de TV e rádio afiliadas ao SBT e à Rede Bandeirantes em Fortaleza, o ministro disse que a “o modelo da Zona Franca “é ruim e custa bilhões em renúncia aos cofres da União”.

    — Mais uma vez, o ministro Paulo Guedes distorce conceitos inovadores de desenvolvimento regional e sustentabilidade, nos quais estão baseados o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), para colocar os brasileiros, especialmente a classe empresarial, contra o Amazonas e os trabalhadores amazonenses –, reagiu o senador Eduardo Braga (MDB-AM).

    É muito mais que isso

    Para Braga, a ZFM é muito mais que um modelo econômico.

    Ela equaciona gente, tecnologia e floresta sob uma filosofia que Guedes insiste em não conhecer.

    Então vem ver!

    — Por isso, perseveramos num convite ao titular da Economia: venha conhecer e constatar como é possível prosperar mantendo de pé um dos maiores patrimônios naturais do mundo. Nossas portas estarão sempre abertas –, rebateu o líder do MDB no Senado.

    Renúncia tributária

    Segundo dados encaminhados na última segunda-feira (2) ao Congresso, o governo federal vai abrir mão de R$ 331,18 bilhões de arrecadação em 2020 por conta de renúncias tributárias.

    Para os mais ricos

    Desse total, frisou o senador Eduardo, os incentivos destinados à ZFM não ultrapassam 8,64%.

    — O grosso dos incentivos - 50,83%- vai para o Sudeste, a região mais rica do país. Outros 14,59% vão para os Estados do Sul –, alertou.

    Viceralmente contra

    O deputado Serafim Corrêa (PSB) também não ficou calado.

    Advertiu que agora caiu a máscara do ministro.

    — Creio que agora ninguém mais pode ter dúvidas das intenções do ministro Paulo Guedes. Ele é viceralmente contra a ZFM e a toda hora e a todo instante! –, disparou o parlamentar.

    O único que temos

    Sarafa disse que, na primeira oportunidade, Guedes resolve agredir a ZFM, que é o único modelo de preservação ambiental que deu certo na Amazônia, e esse é, também, o único modelo que nós temos para a geração de emprego no nosso Estado.

    Anti-Amazônia!

    O deputado e economista considera um “absurdo” que o ministro da Economia continue sem entender absolutamente nada de ZFM e de Amazônia e, “em todas as oportunidades, nos agredir”.

    — Eu quero repudiar o ministro Paulo Guedes por essa sua postura, que é anti-Brasil, é anti-Amazônia

    No estilo do chefe

    Não satisfeito com o ataque a Manaus, Guedes reiterou o comentário ofensivo do presidente Jair Bolsonaro à primeira-dama francesa, Brigitte Macron, ao dizer que “ela é feia mesmo”.

    Machismo

    Guedes afirmou que Bolsonaro apenas reagiu às críticas de Emmanuel Macron sobre os recentes incêndios na Amazônia.

    — O Macron falou que estão colocando fogo na Amazônia. O presidente devolveu, falou que a mulher do Macron é feia. O presidente falou a verdade, ela é feia mesmo.

    Desculpa esfarrapada

    Mas, logo em seguida, Guedes tentou consertar a besteira que falou.

    — Não existe mulher feia, existe mulher observada do ângulo errado. E fica essa xingação.

    Foi pior a emenda que o soneto!

    Ronda Maria da Penha

    Preocupado com a segurança das mulheres em razão do grande aumento de feminicídio, o presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado estadual Cabo Maciel (PL), apresentou projeto que cria a Ronda Maria da Penha.

    Cadê o louvor?

    O vereador de Manaus Amauri Colares (Republicanos) reclamou da ausência de um show gospel na programação do festival Passo a Paço.

    Colares é pastor da Igreja Assembleia de Deus, comandada pelos irmãos Silas e Jonatas Câmara.

    Nada a ver

    O vereador Colares tem que entender que existe um “ lugar para cada coisa, e uma coisa para cada lugar”.

    O Passo a Paço é um momento de festa. Já pensou jogar um show da Anitta ou da Ludmila na “Marcha com Jesus”?

    Valor invertido

    O vereador Marcel Alexandre (PHS), líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus (CMM), ficou chateado – sem razão, diga-se de passagem – com Chico Preto (PMN), que reclamou da falta de quórum na votação do dia.

    Segundo Marcel, a fala do colega parlamentar coloca a CMM “mal” na fita diante da opinião pública.

    Perguntar não ofende

    O vereador, ao invés de ficar bravo com o colega que atentou pela falta de quórum, não deveria ter ficado bravo com os faltosos?