Fonte: OpenWeather

    Fiscalização


    Deputado cobra informações sobre número de respiradores no Amazonas

    Os números expostos pelo MS não correspondem à realidade relatada pelos profissionais de saúde

    Deputado Estadual João Luiz (Republicanos)
    Deputado Estadual João Luiz (Republicanos) | Foto: Divulgação

    Manaus- Dados do Ministério da Saúde (MS), apontam para a existência de 899 respiradores em todo o Amazonas, dos quais 837 estão em uso em 110 unidades hospitalares. Apesar dos números, uma sequência de denúncias sobre a falta de equipamentos tanto na capital quanto no interior fez com que o deputado estadual João Luiz (Republicanos), cobrasse da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), informações sobre o número e também na distribuição de aparelhos disponíveis no Estado.

    Segundo o parlamentar, os números expostos pelo MS não correspondem à realidade relatada pelos profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 e pelos familiares de pacientes internados na rede estadual de saúde. 

    “Diante das inúmeras denúncias que chegam até o nós, no parlamento, estou solicitando, por meio de requerimento, informações, e mais transparência, acerca da veracidade sobre a quantidade e a distribuição de respiradores no Estado. Precisamos saber se o número apresentado pelo Ministério da Saúde é real e se, de fato, estão atendendo a população”, enfatizou João Luiz.

    João Luiz ressaltou, ainda, que o cenário pandêmico coloca a demanda e a oferta de equipamentos médicos e hospitalares no centro das atenções. “A possível falta de respiradores acende um alerta no nosso Estado, isso porque esses aparelhos são primordiais no atendimento a pacientes acometidos pelo coronavírus”, afirmou o Republicano, ao comentar que, de acordo com a tabela disponibilizada pelo MS, cidades-polo do Estado como Parintins só dispõe de sete respiradores e todos eles estão em uso. 

    “Como pode, cidades-polo como Parintins e Humaitá, que concentram a sua realidade e também a do seu entorno, contar com uma quantidade ínfima de respiradores? Acredito que isso tem de ser revisto. A Susam tem a obrigação de fazer uma distribuição mais justa desses aparelhos”, concluiu. 

    O requerimento, de autoria de João Luiz, foi subscrito pelo deputado Felipe Souza (Patriotas). 

    *Com informações da assessoria