Operação


'Responderemos à altura', diz Campêlo sobre policiais mortos no AM

A deputada Alessandra Campêlo lamentou a morte dos policiais e afirmou que darão resposta efetiva à sociedade sobre o crime contra os policiais

 

A fala foi durante a inauguração da base Arpão em Manaus
A fala foi durante a inauguração da base Arpão em Manaus | Foto: Reprodução

Manaus - "A resposta a esse crime bárbaro será dada à altura", disse a deputada Alessandra Campêlo (MDB), durante a coletiva de imprensa da inauguração da base Arpão, na manhã desta terça-feira (4), no Km 1 do município de Iranduba.

A parlamentar foi enfática sobre o caso que aconteceu na última segunda-feira (3) em que dois policiais foram mortos em operação no Rio Abacaxi, no município de Nova Olinda do Norte.

Os policiais pertenciam às equipesda Companhia de Operações Especiais (COE) e do Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

"Essa base vai ficar em Coari, onde os piratas têm reinado. Posso dizer uma coisa para todos: esse reinado está acabando. A resposta a esse crime bárbaro será dada à altura, pois temos sangue Ajuricaba. A base Arpão virá para contribuir com a resposta. O que aconteceu nos entristece, mas nos motiva. Não daremos paz aos bandidos", disse de forma enfática. 

A deputada falou sobre o assunto em coletiva
A deputada falou sobre o assunto em coletiva | Foto: Bruna Oliveira

Reforço no município

Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o titular da pasta, coronel Louismar Bonates, determinou a adoção de todas as medidas para o resgate dos militares.

Os dois policiais que ficaram feridos, um no braço e outro no pescoço, receberam os atendimentos médicos e foram transferidos para Manaus nesta terça-feira (4).

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, embarcou com reforço para nova operação policial na região nesta terça. Uma das lanchas, que participaria da inauguração da base Arpão, já está senda usada na operação. 

Leia mais: 

Corpo de PMs mortos em operação chegam à Manaus

Associação lamenta morte de policiais no AM e pedem justiça

Reforço policial é enviado para Nova Olinda do Norte após mortes de PMs