Política


Deputada Alessandra apresenta PLs para a defesa de idosos e mulheres

Um desses projeto é o junho violeta que será o mês contra a violência aos idosos

Um desses projeto é o junho violeta que será o mês contra a violência aos idosos
Um desses projeto é o junho violeta que será o mês contra a violência aos idosos | Foto: Reprodução

Manaus- Deputava protocola PLs visando a defesa de uma parte vulnerável da população. A Presidente da Comissão da Mulher, dos Idosos e da Família da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a deputada Alessandra (MDB) protocolou, durante a sessão plenária desta quinta-feira (24), três Projetos que visam a prevenção, combate e conscientização à violência contra mulheres e idosos, pautas abordadas constantemente em seu mandato. 

Dois projetos são voltados para as mulheres. O primeiro estabelece diretrizes para a criação de programas de reabilitação para autores de violência doméstica e familiar. 

Os programas devem promover atividades educativas e pedagógicas que busquem a reflexão e responsabilização dos autores quanto à violência cometida, além de abordar temas como a Lei Maria da Penha e o percurso de conquistas das mulheres pela igualdade de gênero. 

“A violência doméstica e familiar contra a mulher é uma realidade vergonhosa que assola a nossa sociedade. Na grande maioria, as agressões são cometidas por familiares, parceiros ou ex-parceiros da vítima. Os programas de reabilitação ao agressor de violência doméstica mostram  resultados positivos, diminuindo o número de reincidência”, explicou. 

O segundo projeto institui o Dia Estadual da Igualdade, Dignidade e Defesa da Mulher no Estado do Amazonas, que deve ser celebrado anualmente no dia 7 de agosto, e tem o objetivo de trazer reflexões sobre o papel da mulher na sociedade, suas lutas contra discriminação e por igualdade de direitos civis, sociais, políticos e culturais.

Alessandra protocolou, ainda, um PL que insere no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Amazonas, o ‘Junho Violeta’, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa. Durante todo o mês de junho, serão realizadas ações com o objetivo de garantir a dignidade dos idosos, assim como reprimir e combater a violência contra eles. 

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Após a quarentena, mulher de 103 anos faz sua primeira tatuagem

‘Mulher a gente não bate, mata’, diz homem ao atacar vizinha

Faculdade do AM debate suicídio entre os idosos