Fonte: OpenWeather

    Desenvolvimento social


    Amil diz que lazer deve ser uma das prioridades da Prefeitura

    O candidato afirmou que pretende construir praças e espaços culturais para promove entretenimento a diversas famílias de Manaus

    Amil destacou ainda que ocupar espaços culturais promove ainda a geração de empregos e renda
    Amil destacou ainda que ocupar espaços culturais promove ainda a geração de empregos e renda | Foto: Divulgação

    Manaus - Levar o lazer à população como forma de valorizar o desenvolvimento social da população manauara é uma das principais pautas do candidato a prefeito de Manaus, Marcelo Amil (PCdoB), que também assumiu o compromisso de lançar a Copa Manaus Sub-17, com o objetivo de valorizar e a incluir socialmente crianças e jovens da cidade.

    “Levar lazer à população é cuidar da família, dos jovens e valorizar a cultura de Manaus. Nosso compromisso é garantir o acesso da população a esses segmentos tão importantes para o desenvolvimento social”, destacou Amil.

    Segundo o candidato, os eventos esportivos e culturais geram renda e trazem vida aos espaços destinados à recreação. Eles passam a ser ocupados pelos comunitários e por turistas, trazendo movimento á região, além de afastar a criminalidade.

    Uma das propostas de Marcelo Amil para o lazer da cidade é construir praças públicas e outros espaços culturais, principalmente, na área periférica. Ele destaca que na sua gestão a promoção de produções artísticas culturais inclusivas, reconhecendo a importância das ações defendidas pelos movimentos de mulheres, LGBTQIA+, negros, indígenas ou imigrantes refugiados, não será esquecida.

    “Hoje, em Manaus, se você quiser dar uma volta com a família, os únicos lugares que as pessoas pensam em ir é a Ponta Negra ou o Largo de São Sebastião. Faltam opções para atender essa demanda. Eu vou construir espaços culturais que trarão músicas e entretenimento diversificado para todas as famílias. Esses espaços serão construídos em cada zona de Manaus, com atividades de lazer e esporte para crianças e adolescentes, de forma a impedir que os jovens se aproximem da criminalidade”, diz o candidato.

    Além disso, Marcelo defende a adequação dos horários de funcionamento dos espaços culturais para que a classe trabalhadora tenha acesso às programações também durante a semana. Ocupar um espaço com cultura e outras atividades atrai famílias e vendedores ambulantes, o que afasta a violência. Amil destaca que as ações estarão atreladas ao reforço na segurança pública. 

    “O objetivo das ações é prevenir atos infracionais cometidos por crianças e adolescentes em bairros com alto índice de criminalidade e vulnerabilidade. Ao levar vida cultural e segurança a esses lugares, a violência é afastada. Um exemplo disso é o Centro de Manaus, que aos fins de semana vira uma cidade fantasma e a sensação de insegurança aumenta. Essas atividades trazem novas sensações e tiram a pessoa do cenário comum”, disse o postulante.

    Além de inserir as comunidades do movimento desportivo e cultural da cidade, os artistas amazonenses serão valorizados. Exposições de artesão, pintores, mostras artísticas, espetáculos teatrais e shows musicais serão algumas programações a serem desenvolvidas pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

     "Manaus tem que ser mais atrativa para a sua população e para os turistas. A cidade tem que ser desfrutada, mas precisa dar opções para o divertimento da família. Manaus tem que ser um lugar que se orgulhe dos seus artistas regionais e os torne vitrine. Esses espaços têm como objetivo de humanizar a cidade" concluiu Marcelo.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Marcelo Amil diz que irá garantir os direitos dos servidores públicos

    'Sou a prova de que oportunidades mudam vidas', diz Marcelo Amil

    Marcelo Amil propõe Copa Manaus Sub-17 para valorização de atletas