Fonte: OpenWeather

    Eleições 2020


    ‘Tenho meus limites’, diz Amazonino ao votar e ser indagado sobre 2022

    O 'Negão' chegou a fazer uma referência a Matusalém, personagem bíblico que viveu quase mil anos, e insinuou que deve encerrar a vida política, caso não seja eleito neste domingo (29).

    Amazonino Mendes nasceu em Eirunepé e já foi três vezes prefeito e quatro vezes governador
    Amazonino Mendes nasceu em Eirunepé e já foi três vezes prefeito e quatro vezes governador | Foto: Aguilar Abecassis / Divulgação

    Manaus - O candidato à Prefeitura de Manaus, Amazonino Mendes, do Podemos, votou na manhã deste domingo (29), por volta das 10h15, quarenta e cinco minutos antes do horário previsto, na sede da Secretaria do Estado da Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz), no Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus. 

    “Negão”, como é conhecido o político de 81 anos, chegou acompanhado de seguranças e assessores. E, ao contrário do primeiro turno, onde o candidato teve dificuldades na urna, desta vez, ele levou menos de 30 segundos para concluir o voto.

    Na saída, Amazonino concedeu entrevista aos jornalistas e foi  questionado sobre uma possível disputa para o cargo de governador, em 2022. Em sua declaração, Amazonino demonstrou cansaço e reconheceu que, caso não seja eleito como o novo prefeito da capital amazonense, deve encerrar a vida política. 

    "Eu tenho os meus limites e sei até onde posso ir. Não sou Matusalém", pontuou o candidato ao fazer uma referência ao personagem bíblico que viveu quase mil anos. 

    Em tom de otimismo, Mendes declarou, ainda, que espera um resultado favorável. O candidato falou sobre as últimas pesquisas. Os números apontam o adversário dele, David Almeida (Avante) com dez pontos de vantagem. 

    "Eu espero a vitória, mas acima de tudo a vitória é do povo. As pesquisas foram muito contraditórias, a verdade é que temos uma perspectiva, não muito clara, de quem está a frente. O processo eleitoral é assim, temos que reconhecer a soberania popular", disse o candidato. 

    Histórico 

    Amazonino Mendes nasceu em Eirunepé e já foi três vezes prefeito e quatro vezes governador do Amazonas. Em 2018, ele perdeu no segundo turno para Wilson Lima.

    O voto de David

    O candidato à Prefeitura de Manaus, David Almeida (Avante), votou no segundo turno na manhã deste domingo, na Escola Estadual Antônio Lucena Bittercourt, na avenida Adalberto Vale, bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da capital amazonense.