Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Presidente do TJAM lamenta falecimento do desembargador Djalma Martins

    Por meio de nota de pesar, o presidente do órgão afirmou que o desembargador Djalma Martins havia se aposentado por atingir a idade limite para o exercício da judicatura

     

    Por meio de nota de pesar, o presidente do órgão afirmou que o desembargador Djalma Martins havia se aposentado por atingir a idade limite para o exercício da judicatura
    Por meio de nota de pesar, o presidente do órgão afirmou que o desembargador Djalma Martins havia se aposentado por atingir a idade limite para o exercício da judicatura | Foto: (Divulgação)

    O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Domingos Chalub, lamentou nesta  quinta-feira (01/04),  o falecimento do desembargador Djalma Martins da Costa, em decorrência de complicações da covid-19.

    Por meio de nota de pesar, o presidente do órgão afirmou que o desembargador Djalma Martins havia se aposentado por atingir a idade limite para o exercício da judicatura, era magistrado proveniente do quinto constitucional e foi presidente do Tribunal de Justiça, dedicou mais de três décadas ao exercício da magistratura, sendo reconhecido pela comunidade amazonense por seus conhecimentos jurídicos e formação humanística.

    "A perda de figura tão importante é extremamente dolorosa, com a solidariedade à família e amigos neste momento", lamenta o presidente do TJAM por meio de nota.

    Leia Mais:

    Desembargador do TJ-AM Djalma Martins morre vítima da Covid-19

    Modelo eleito Mister Espírito Santo, morre de Covid-19 aos 34 anos

    Morre Geraldo Dantas, vice-presidente do Sindicombustiveis-AM