Fonte: OpenWeather

    Microempreendedores


    Estímulo aos microempreendedores é debatido na Aleam

    Na ocasião, a superintendente do Sebrae-AM discorreu sobre a Semana do MEI, que iniciou na última segunda-feira (17) e seguirá até sexta-feira (21), no horário das 15h às 22h.

     

    Por meio de uma Cessão de Tempo, de iniciativa do deputado Adjuto Afonso (PDT), a superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae-AM), Lemisse Said Cavalcanti, falou sobre as ações do órgão.
    Por meio de uma Cessão de Tempo, de iniciativa do deputado Adjuto Afonso (PDT), a superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae-AM), Lemisse Said Cavalcanti, falou sobre as ações do órgão. | Foto: Divulgação

    Amazonas - A retomada do crescimento econômico no atual cenário de pandemia e a importância dos Microempreendedores Individuais (MEIs), nesse processo, foram debatidos na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quinta-feira (20). Por meio de uma Cessão de Tempo, de iniciativa do deputado Adjuto Afonso (PDT), a superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae-AM), Lemisse Said Cavalcanti, falou sobre as ações do órgão.

    Na ocasião, a superintendente do Sebrae-AM discorreu sobre a Semana do MEI, que iniciou na última segunda-feira (17) e seguirá até sexta-feira (21), no horário das 15h às 22h.

    Em Manaus, o evento acontece de maneira totalmente on-line, em razão do cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19. Porém, em alguns municípios do interior estão ocorrendo atendimentos presenciais, em virtude da dificuldade de acesso à internet pelos microempreendedores dessas cidades.

    “Esse evento oferece de maneira concentrada os serviços já disponibilizados pelo Sebrae, com a realização de palestras, cursos, workshops e consultorias para os MEIs”, explicou Cavalcanti, ressaltando ainda que o objetivo é capacitar e estimular os empreendedores que, em muitos casos, já atuam de maneira informal, e possam se cadastrar e usufruir de benefícios a partir da formalização da empresa.

    O deputado Adjuto Afonso, presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Aleam (Frempeei-Aleam), informou que existem 113,5 mil MEIs no estado, que são empresas de pequeno porte com faturamento anual de até R$ 81 mil.

    Os deputados Sinésio Campos (PT) e Abdala Fraxe (Podemos) se manifestaram apoiando as ações do Sebrae, e afirmando que os pequenos e microempreendedores não precisam apenas existir, eles precisam de apoio para se manter. Campos lembrou que o Parlamento Estadual é o único do país que possui uma sala exclusiva para atendimento e orientação de MEIs. É preciso lembrar, também, que segundo dados repassados pela superintendente do Sebrae, cerca de 98% das empresas registradas são MEIs.

     Gratificação de Atividades dos Técnicos-Administrativos (Gata)

    Os deputados do Podemos, Wilker Barreto e Dermilson Chagas, se manifestaram na Sessão Ordinária desta quinta-feira, em favor do pagamento de gratificações e vale alimentação aos técnicos e auxiliares de enfermagem contratados pelo Governo do Estado.

    Barreto lembrou que neste  20 de maio é celebrado o Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem, e criticou o tratamento dispensado pelo Poder Executivo a cerca de 3 mil profissionais que estão sem receber o que tem direito. “Esse é o tratamento que o Governo dá para os trabalhadores da linha de frente do enfrentamento da Covid-19”, declarou.

    Os parlamentares pediram que a Aleam coloque em pauta de votação a Gata e assim regulamente os pagamentos aos técnicos e auxiliares de enfermagem amazonenses.

    Leia mais:

    Pedagogos vão ter alteração na carga horária, diz deputada Therezinha

    Remédios utilizados no combate à Covid-19 podem ter impostos zerados

    Deputado propõe punição mais severa a condutores alcoolizados