Fonte: OpenWeather

    Conscientização ambiental


    Ex-vereador une projetos sociais à conscientização ambiental em Manaus

    Na semana passada, Chico Preto esteve no bairro da Redenção, onde o Projeto Resgatando Vidas foi desafiado a arrecadar dois mil pets

     

    Na semana passada, o ex-vereador esteve no bairro da Redenção, onde o Projeto Resgatando Vidas foi desafiado a arrecadar dois mil pets.
    Na semana passada, o ex-vereador esteve no bairro da Redenção, onde o Projeto Resgatando Vidas foi desafiado a arrecadar dois mil pets. | Foto: Divulgação

    Manaus - Em meio à cheia histórica do Rio Negro em Manaus e grande quantidade de lixo nos igarapés, o ex-vereador Chico Preto esteve em bairros da capital para estimular projetos sociais na arrecadação de garrafas pet, incentivando a troca por materiais esportivos.

    De acordo com Chico, a ideia é levar a conscientização ambiental e ajudar a equipar os projetos sociais dos bairros. Na semana passada, o ex-vereador esteve no bairro da Redenção, onde o Projeto Resgatando Vidas foi desafiado a arrecadar dois mil pets.

      “Em 15 dias, a Prefeitura de Manaus retirou 600 toneladas de lixo dos igarapés. É um número absurdamente grande e que me incomodou. Muita gente fala sobre meio ambiente e debate o assunto. Eu decidi dar vida a essa discussão e passei a visitar projetos sociais e desafiar as pessoas a arrecadarem materiais recicláveis que certamente iriam parar na orla do Rio Negro. A ideia é criar consciência, sobretudo nos pequenos, para que eles cresçam com esse entendimento”, explicou.  

    Futuro político

    Chico Preto exerceu o cargo de vereador de Manaus até o dia 31 de dezembro do ano passado. Foi candidato a prefeito, mas não obteve sucesso. Recentemente se desfiliou do partido Democracia Cristã (DC) e atualmente encontra-se fora de siglas. Nas redes sociais, não esconde o desejo de disputar uma vaga no Senado Federal.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    ONGs do AM pedem promoção de direitos fundamentais aos vulneráveis

    Comunidade LGBTQIA+ reivindica atenção das casas legislativas do AM

    Políticos do AM pedem penas mais duras para presos