Fonte: OpenWeather

    Vacina


    Projeto de Lei tramita na Aleam para conscientização da segunda dose

    Mais de 15 mil pessoas não retornaram aos postos de vacinação, até o momento, em Manaus

     

    O objetivo do PL do deputado Sinésio Campos (PT) é promover e incentivar campanhas informativas, uma maneira de desmistificar as notícias falsas em torno dos imunizantes.
    O objetivo do PL do deputado Sinésio Campos (PT) é promover e incentivar campanhas informativas, uma maneira de desmistificar as notícias falsas em torno dos imunizantes. | Foto: Divulgação


    Manaus -  Em meio a tantas vidas perdidas em decorrência do Covid-19, muitos amazonenses ainda não retornaram aos postos de saúde para concluírem o ciclo de vacinal com a segunda dose.  Essa, inclusive, é uma das preocupações da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), onde tramita um Projeto de Lei (PL) que visa instituir a Campanha Permanente de Sensibilização, Informação e Incentivo à Vacinação contra a Covid-19. O objetivo é promover e incentivar campanhas informativas, uma maneira de desmistificar as notícias falsas em torno dos imunizantes. 

      Para se ter uma ideia, somente em Manaus, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o número de faltosos, até esta sexta-feira, com relação às vacinas que fecham o ciclo com a segunda dose, correspondem a um total de 15 mil 467. O PL é de autoria do deputado Sinésio Campos (PT) e o parlamentar explica sua preocupação.  

    “Desde o início da vacinação, no Amazonas, contra a Covid-19, nós alertamos sobre a importância de se imunizar, pois só assim vamos vencer esse vírus e salvar vidas. A vacinação também é um ato de respeito para com aqueles que partiram acometidos pela doença, por esse motivo elaboramos esse PL”, destacou o deputado estadual Sinésio Campos. 

    O parlamentar lembrou ainda que, além do PL, realiza outras ações para conscientizar a população sobre a importância da vacinação contra a Covid-19. “Por meio das nossas redes sociais estamos sempre lembrando cada cidadão do quanto é necessário tomarmos a vacina. Em nossas agendas na capital e interior também reforçamos o discurso. Eu mesmo já tomei a primeira e a segunda dose”.

    Dados da Semsa

    Até esta sexta-feira (23.07.2021, às 15h18), o sistema de registro da vacinação apontava que 15 mil 467 pessoas passavam do prazo para receber a segunda dose, sendo:

    CoronaVac - intervalo de 28 dias entre doses: 7.406

    AstraZeneca - intervalo de 84 dias entre doses: 8.061

    Pfizer - ainda não chegou o intervalo

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Projeto para combater supersalários é aprovado na Câmara

    Enfraquecida, sigla do "Podemos" perde cada vez mais políticos no AM

    No AM, agricultura familiar deve compor 30% da merenda escolar