Fonte: OpenWeather

    Denúncia


    Vereador critica obra milionária para anexo na Câmara de Manaus

    Com iniciativa da presidência da Casa, a realização da obra deve custar cerca de R$40 milhões

     

     

    | Foto: Divulgação


    Manaus (AM) - Após a divulgação da obra para construção de mais um anexo no prédio da Câmara Municipal de Manaus (CMM), no Diário Oficial da Casa Legislativa, o vereador Rodrigo Guedes (PSC) criticou a realização da obra que, segundo informações internas, pode custar cerca de R$ 40 milhões. A construção do anexo partiu da presidência da CMM.

    "

    Avançou a ideia de construir um novo prédio para os gabinetes. Na sexta foi publicado aviso de licitação no Diário Oficial. A obra deve custar 40 milhões. Conclamo a todos a lutarem contra isso. Esse recurso poderia ser utilizado de milhares de formas possíveis melhor: saúde, educação, reforma de complexos esportivos, abrigos de usuários de transporte coletivo, etc. Tudo menos mais um prédio para vereadores e CMM "

    , disse.

     

    O vereador destacou que a verba utilizada para a construção da extensão do prédio poderia ser direcionada à Prefeitura de Manaus para o investimento em programas sociais para a população do município, como o Auxílio Manauara. 

      Além disso, Guedes relembrou outras áreas que deveriam receber atenção do Poder Legislativo, como a Feira do Santo Antônio, em frente à Câmara Municipal, e a Mini Vila Olímpica Jair Sampaio, também nas proximidades da Casa, que necessitam de reformas urgentes.  

    “Não é só em Brasília que estão os problemas, lá é só o topo. Eu desafio o presidente da Câmara a, ao invés de construir o prédio, enviar esse dinheiro para a Prefeitura de Manaus e combinar, acertar, com o prefeito David Almeida, que se distribua para a população em formato de Auxílio Emergencial”, afirmou o vereador.

     *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Julgamento do Marco Temporal é adiado novamente pelo STF

    Zé Ricardo cobra FVS sobre surto de contaminação em alimentos no AM

    "Nunca tive a intenção de agredir os Poderes", diz Bolsonaro em nota