Fonte: OpenWeather

    GÁS NATURAL


    Exploração de gás pode ser o futuro da economia do AM, diz deputado

    Fausto destacou o potencial mineral do Amazonas, com destaque para o gás extraído no Campo do Azulão

     

    Deputado Fausto Jr.
    Deputado Fausto Jr. | Foto: Noa Magalhães e Jardel Sald

    MANAUS (AM) - A exploração de gás natural e demais riquezas minerais do Amazonas, como potássio e nióbio, entre outros, são alternativas econômicas para gerar empregos à população amazonense, que há décadas sofre com os ataques ao Polo Industrial de Manaus (PIM).

    A proposta é do deputado Fausto Jr, que nesta terça-feira (28) ressaltou a inauguração da Usina de Tratamento de Gás (UTG), localizada no Campo do Azulão, no município de Silves (distante 204 km de Manaus em linha reta), no interior do Amazonas.

    Fausto destacou o potencial mineral do Amazonas, com destaque para o gás extraído no Campo do Azulão, pela empresa Eneva.

    O deputado lembrou a luta da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), em 2020, na aprovação de Leis que viabilizaram a instalação da usina de gás no município de Silves.

    "

    Sabíamos a importância do empreendimento para gerar milhares de empregos no interior do Amazonas, por isso a Assembleia apoio o Projeto que, agora, virou realidade "

    Fausto Jr, deputado

     

    O gás extraído no Campo do Azulão será levado para o Estado de Roraima, onde vai abastecer as usinas termelétricas e acabar com a dependência de energia elétrica que vinha da Venezuela.

    “A reserva de gás no município de Silves é tão grande que seríamos capazes de converter todas as usinas termelétrica movidas a diesel no Amazonas”, comparou Fausto.

    O deputado prevê que em breve a produção de gás no Amazonas poderá ser exportada para vários países da América Central, tornado-se fonte de renda e empregos para todo Estado.

    “Se tiver os investimentos certos, em alguns anos a extração e comercialização de gás vai gerar lucro superior ao da Zona Franca de Manaus (ZFM)”, planeja Fausto.

    O deputado ressalta que a exploração mineral no Amazonas deve seguir leis rigorosas para evitar danos ambientais, como os praticados pelos garimpos ilegais.

    "

    A exploração deve ser feita de forma sustentável. Dessa forma teremos lucro com outros minerais, como o potássio, em Autazes (113 km) e Nova Olinda do Norte (135 km), e o nióbio, extraído em São Gabriel da Cachoeira (852 km) "

    , propõe o deputado

     

    Mais incentivo ao uso de gás natural veicular

    Fausto Jr. destacou a proposta apresentada ao governo do Estado para facilitar o uso do gás natural em veículos automotores, como taxis, carros de aplicativo e ônibus do transporte coletivo.

    A proposta do deputado é incentivar que estes veículos substituam a gasolina, álcool e diesel pelo gás natural veicular (GNV), que é extraído das reservas do Amazonas.

    Pela proposta, o Governo do Estado oferecia linha de crédito com juros abaixo do mercado para os motoristas e empresas interessados em instalar o kit gás.

    A proposta do deputado inclui a diminuição de impostos na comercialização do kit gás, que poderia, inclusive, ser fabricado por empresas instaladas na ZFM.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Wilson Lima aponta avanços na exploração do gás natural no AM

    Audiência debaterá uso de gás natural por motoristas de aplicativo

    Consumo de gás natural no Amazonas bate recorde histórico em julho