Fonte: OpenWeather

    Energia


    Aleam aprova projeto que altera política energética no Amazonas

    A Proposta visa estabelecer novas orientações para o Estado organizar e fortalecer as questões de desenvolvimento de energia, incluindo sua conversão e distribuição e uso

     

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Nesta quarta-feira (29), a Assembleia Legislativa do  Amazonas (Aleam) aprovou Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que altera a Política Energética do Amazonas. A Proposta visa estabelecer novas orientações para o Estado organizar e fortalecer as questões de desenvolvimento de energia, incluindo sua conversão, distribuição e uso, beneficiando, principalmente, a população amazonense.

      De autoria do deputado Sinésio Campos (PT), a PEC 07/2020 pretende incluir direções à Política Energética Estadual, bem como regras estruturantes e procedimentais, como, por exemplo, fiscalizar o setor energético no Estado; criar o Conselho Estadual de Energia; estabelecer um Plano Energético Estadual; organizar um banco de dados do setor energético, além de ter participação e o controle social no segmento.  

    O deputado estadual Sinésio Campos, durante o seu discurso na tribuna da Aleam, lembrou que de 1989 até hoje, a Política Energética do Amazonas não sofreu alteração em sua redação. Mas a mudança, por meio da PEC, pretende  alcançar cada cidadão do Estado.

      De autoria do deputado Sinésio Campos (PT), a PEC 07/2020 pretende incluir direções à Política Energética Estadual, bem como regras estruturantes e procedimentais, como, por exemplo, fiscalizar o setor energético no Estado; criar o Conselho Estadual de Energia; estabelecer um Plano Energético Estadual; organizar um banco de dados do setor energético, além de ter participação e o controle social no segmento.  

    disse o parlamentar.

    *Com informações da Aleam 

    Leia mais:

    Prefeitura de Manacapuru é alvo de investigação por superfaturamento

    Aleam foi decisiva para gás do AM seguir para Roraima, diz Adjuto

    Novo protesto contra Bolsonaro acontece em Manaus neste sábado (2)


    Comentários