Fonte: OpenWeather

    Energia


    Igrejas têm energia cortada em Manaus e são defendidas na Aleam

    Para o deputado João Luiz (Republicanos), estes estabelecimentos estão sendo prejudicados pela Amazonas Energia

     

     

    | Foto: Divulgação

    Brasília - No âmbito da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), os cortes de energia em instituições de cunho religioso tornaram-se preocupação entre os parlamentares nas últimas semanas. Segundo o deputado estadual João Luiz (Republicanos), os problemas aconteceram no bairro de Educandos, Zona Sul de Manaus e no município de Parintins. 

    O parlamentar afirmou nesta quarta-feira (13), que apenas no último fim de semana, duas instituições religiosas foram prejudicadas por conta da manutenção e corte de energia no Estado do Amazonas

    “Eu quero acreditar que não seja uma perseguição às instituições religiosas no Estado do Amazonas”, disse o republicano. 

    De acordo com João Luiz, uma das instituições, localizada no Educandos, enviou um documento para trocar a data da manutenção, pois a programação estava prevista para domingo, que é um dos principais dias de celebrações nas igrejas.

    “Foi enviado vários documentos, mas sem respostas. Ocorreu uma promessa de ter um adiantamento do serviço, que seria antes do feriado, no entanto, as pessoas acabaram ficando na escuridão no domingo”, explicou. 

    Em Parintins, a concessionária também cortou a energia elétrica em outra instituição religiosa alegando que o motivo do corte era o consumo mínimo de energia. 

    “Significa dizer que não se pode economizar energia. Se nós economizarmos a energia, se ela for mínima vai ter a penalidade porque o seu consumo está mínimo. Quer dizer que a população vai ter que gastar mais energia, ou seja, a empresa vai obrigar o consumidor a gastar energia”, frisou o deputado João Luiz. 

    Embora tenha acontecido tais fatos, o deputado João Luiz destacou no plenário Ruy Araújo, que na última sexta-feira (8), a Praça do Consumidor esteve no município de Presidente Figueiredo, onde atendeu mais de 100 pessoas com serviços realizados pelo Governo do Estado do Amazonas e também pela Amazonas Energia. 

    “Parabenizamos a empresa Amazonas Energia, pela atuação que tem feito com a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa e pelos trabalhos que foram desenvolvidos também em Presidente Figueiredo”, discursou no parlamento.  

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Exposição retrata a história do Amazonas através de leis e decretos

    Veja leis criadas pela Aleam que se tornaram benefícios para crianças

    Câmara aprova bolsa para filhos que estudam onde pais trabalham