Fonte: OpenWeather

    Investimento


    Decisão de antecipação do 13° é elogiada por deputados e especialistas

    A medida do Governador Wilson Lima foi destacada entre deputados da Aleam e cientistas políticos

     

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Serão injetados no setor de economia do Estado, R$171 milhões, destinados ao pagamento da segunda parcela do 13° salário para servidores públicos estaduais. O ato, concedido pelo Governador Wilson Lima (PSC), será liberado na sexta-feira (19) e contemplará pouco mais de 100 mil trabalhadores. A Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), divulgou que três grupos serão beneficiados: funcionários da ativa (80.199), aposentados (29.773) e pensionistas (7.753).

    No ponto de vista econômico, a decisão é benéfica para o Estado, pois irá contribuir com a retomada do crescimento econômico ao nível estadual, bem como o seu desenvolvimento, além da possibilidade de gerar emprego e renda, analisou o cientista político Carlos Santiago.

    “A decisão do Governador de adiantar aquilo que é de direito do servidor público é extremamente positivo, porque irá proporcionar ao servidor adiantar suas compras de natal em um momento em que o país está em crescimento inflacionário, além disso é um indicador de que as contas públicas do Estado estão em ordem, e têm aumentado sua eficiência de arrecadação e contribui com a retomada do crescimento”, afirmou.

    O décimo terceiro, um benefício implementado por lei desde 1962, garante ao trabalhador brasileiro com carteira assinada, uma gratificação equivalente a um salário de mês trabalhado. O benefício, anualmente auxilia na renda de milhões de servidores pelo país.

    O deputado Belarmino Lins (Progressistas), analisa a iniciativa como uma forma de reconhecimento justo do servidor público que sofreu muito com a Covid-19, que lutou para sobreviver e que chegar ao final de 2021 precisando reequilibrar sua vida financeira e social.

    “O governador Wilson Lima, ao antecipar o pagamento da primeira parcela do Décimo Terceiro Salário, promove a circulação de dinheiro no mercado, movimenta a economia, fortalece a atividade comercial e, consequente, gera mais emprego e renda. Só temos que aplaudir, portanto, a iniciativa do governador. É um grande gesto humanitário em favor do servidor e do Estado", frisou Belarmino.  

    Carlinhos Bessa (PV) viu na proposta, uma oportunidade perfeita para que muitas dívidas sejam quitadas com o dinheiro do benefício. “As pessoas terão oportunidade de pagar seus déficits e fazer novas compras”, disse ele. O deputado estadual também salientou que o adiantamento sem dúvidas terá impacto positivo na economia, tendo em vista que irá auxiliar na movimentação do comércio no Amazonas.

    Está no ordenamento brasileiro, e o pagamento do 13° sempre ajudou muitos brasileiros, disse o Cientista político Helso Ribeiro. “A injeção do montante para pagamento é um ato anualmente praticado, entretanto em momentos de pandemia, que gerou crises econômicas, desabastecimento e aumento da inflação, a atitude de apresenta como uma representação de esperança, principalmente para o comércio, como meio de aquecer as vendas”, ressaltou.

    Leia mais:

     Lira contraria Bolsonaro e não vê espaço para aumento de servidores 

    Comenda Zumbi dos Palmares é defendida pelo deputado Zé Ricardo

    "Não autorizei", diz Luiz Castro sobre candidatura ao Senado pela Rede