Fonte: OpenWeather

    Auxílio


    Cartões de auxílio são distribuídos em Rio Preto e Itacoatiara

    Todas as famílias a serem beneficiadas pelo Auxílio Estadual estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal

     

     

    O Auxílio Estadual é considerado o maior programa estadual de distribuição de renda do país
    O Auxílio Estadual é considerado o maior programa estadual de distribuição de renda do país | Foto: Divulgação

    Amazonas - Os cartões de auxílio permanente do Governo do Amazonas foram entregues, nesta sexta-feira (19), aos primeiros municípios do interior: Itacoatiara e Rio Preto da Eva. Aproximadamente 30 mil pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza vão receber o benefício. 

    A iniciativa é liderada pelo governador Wilson Lima e coordenada pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). A secretária responsável pela Seas, Alessandra Campêlo, ressaltou a importância da ação para a população de Itacoatiara - ao todo, são 6.078 beneficiários no município, com pelo menos quatro membros por família.

    “Aqui em Itacoatiara, serão distribuídos mais de 6 mil cartões. Tem pessoas que vivem única e exclusivamente do Bolsa Família, mulheres chefes de família que sozinhas criam seus filhos e vivem apenas com o Bolsa Família. São mães guerreiras, lutadoras, mas que, acima de tudo, tem esperança de dias melhores. O Governo do Amazonas está aqui para renovar essa esperança, e me orgulha ver o serviço público chegando até a ponta, a quem precisa”, disse.

    O Auxílio Estadual é considerado o maior programa estadual de distribuição de renda do país, destinado a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Serão 300 mil famílias beneficiadas em todo o Amazonas e R$ 45 milhões injetados na economia. Os beneficiários têm direito a receber, de forma permanente, R$ 150 por mês.

    A entrega dos cartões em Itacoatiara segue até o dia 22 de novembro, no Ceti Dom Edward Marskell, no bairro Tiradentes, e na Escola Municipal Jamel Amed, no Centro. O horário de atendimento será das 8h às 16h.

    Rio Preto da Eva

    No município, 1.727 famílias em situação de pobreza e extrema pobreza têm direito ao valor mensal de R$ 150, cuja primeira parcela já está disponível para compra de produtos em estabelecimentos credenciados. Em todo o Amazonas, o benefício do Governo do Estado vai chegar a 300 mil famílias.

    Além de garantir alimento para as famílias em vulnerabilidade social que tiveram suas situações agravadas pela pandemia, o benefício vai movimentar, todos os meses, mais de R$ 259 mil na economia do município.

    “O objetivo desse cartão é garantir a segurança alimentar. É importante dizer que o recurso vai ficar no próprio município, fazendo com que a economia gire. Nós estamos investindo no estado algo no entorno de R$ 45 milhões todos os meses com distribuição de renda, é injeção direta no município”, disse o governador.

    No município, as entregas acontecem na Escola Estadual Raimundo Paz (rua Governador Gregório Azevedo, Centro), das 8h às 16h, até a terça-feira (23/11). Servidores estaduais foram treinados para atuar em postos de triagem e conferência de documentos para, em seguida, assinatura de cautela, registro no aplicativo Sasi e entrega do cartão do Auxílio Estadual permanente. Tudo para dar segurança e confiabilidade na entrega ao beneficiário.

    “Nossa, a entrega desse cartão vai beneficiar acho que não só a minha família, mas o Rio Preto quase todo, e vai ajudar muito na renda, na renda da minha família. Vai colocar comida na mesa, com certeza você já tem aquela coisa com que você conta todo mês, o que você tem o que comprar e o que você tem que comer, todo mês garantido, sem preocupação”, disse Michele da Silva, moradora do Rio Preto.

    Leia mais: 

    Sefaz afirma que Amazonas Energia mentiu sobre dívidas do Governo

    Comenda Zumbi dos Palmares é defendida pelo deputado Zé Ricardo

    Prefeitura de Manaquiri é questionada por licitação de motocicletas