Fonte: OpenWeather

    Jutaí


    Prefeito de Jutaí é preso por transporte de ouro ilegal

    Pedro Marcario Barboza (PDT) foi autuado no aeroporto de Tefé, interior do Amazonas e irá responder pelo crime classificado como usurpação de bens da união.

     

    | Foto: Divulgação

    Jutaí (AM) - Pedro Marcario Barboza (PDT), prefeito do município de Jutaí, localizado a 750 km de distância de Manaus, foi preso na manhã desta segunda-feira (22). Pedro foi acusado por suspeita de transporte de ouro adquirido ilegalmente. Ele foi autuado no aeroporto de Tefé, interior do Amazonas e irá responder pelo crime classificado como usurpação de bens da união. 

    A superintendência da Polícia Federal confirmou a ação e no momento, os agentes presentes detectaram a presença de 257 gramas do metal na posse do prefeito. O mesmo confessou o transporte do ouro. Ele foi conduzido para a unidade da Polícia Federal de Tefé. 

     

    | Foto: Divulgação

    Leia mais: 

    Em Manaus, Omar Aziz e Randolfe entregam relatório da CPI à órgãos

    Marcelo Ramos representa Câmara em evento sobre cidades inteligentes

    “Carta de Barcelona” visa implementação de cidades inteligentes