Fonte: OpenWeather

    Eleição Suplementar


    Coari decide futuro em eleição suplementar neste domingo (5)

    O município mais rico do Amazonas, depois da capital, escolhe novo prefeito neste domingo (5)

     

    O pleito ocorre após a cassação do mandato de Adail Filho
    O pleito ocorre após a cassação do mandato de Adail Filho | Foto: Divulgação

    Coari (AM) - Moradores de Coari, o município mais rico do Amazonas, depois da capital, decidem o futuro da cidade neste domingo (5) durante a eleição suplementar. Aproximadamente 44 mil eleitores devem voltar à urnas. 

    O pleito ocorre após a cassação do mandato de Adail Filho, que havia vencido as eleições realizadas em 2020. Porém, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) considerou que ele não poderia ocupar o cargo pois este seria o terceiro mandato consecutivo da mesma família em Coari, o que não é permitido pela legislação.

    A grande disputa ocorre entre o candidato Robson Tiradentes Jr (PSC) e Keitton Pinheiro (PP), de acordo com pesquisas eleitorais. As urnas eleitorais chegaram a Coari na última quinta-feira (2). Em toda a cidade, haverá 21 locais de votação na zona urbana e 22 na zona rural.

    Prisão 

    O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC-AM) registrou na manhã deste domingo (5), um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), durante o monitoramento da eleição suplementar para prefeito em Coari, que ocorre no município.