Fonte: OpenWeather

    Aleam


    Deputados se posicionam contra teste de HIV em concurso da PM

    A cobrança de exame para diagnóstico do vírus da imunodeficiência humana (HIV) para os candidatos do Concurso Público da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) foi debatida pelos deputados, durante a reunião plenária, desta quinta-feira (9)

     

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - A cobrança de exame para diagnóstico do vírus da imunodeficiência humana (HIV) para os candidatos do Concurso Público da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) foi debatida pelos deputados, durante a reunião plenária, desta quinta-feira (9), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

      Segundo o item 11.9 do edital do Concurso Público, o candidato deverá apresentar diversos exames médicos, dentre eles, o teste de HIV. O item 11.3 determina que os exames médicos tenham caráter eliminatório e o candidato será considerado apto ou inapto.  

    O deputado Carlinhos Bessa (PV) criticou esses pontos do edital, e afirmou que, nesta quinta-feira (9), enviará requerimento ao Governo do Estado solicitando a retirada dessa exigência e critério de classificação para os candidatos.

    "

    Não é possível aceitarmos esse tipo de exclusão com as pessoas diagnosticadas com o HIV "

    , declarou Bessa, presidente da Frente Parlamentar de Enfrentamento e Defesa dos Direitos da Pessoa com IST/AIDS e Tuberculose (Frendhat), da Aleam

     

    O deputado falou sobre o avanço no tratamento dos pacientes com o vírus e destacou a necessidade de se combater o preconceito que ainda existe relação ao HIV, o que contribui para a limitação de oportunidades profissionais para essa parcela da população.

    O deputado Dermilson Chagas ratificou o pronunciamento do presidente da Frendhat e falou que a Lei nº 11.199/2002 estabelece a exigência como discriminatória. “Esses itens do edital são ilegais. Estão contrariando o que já está determinado pela legislação brasileira”, declarou Chagas, cobrando a exclusão dessa determinação do edital.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais: 

    Presidente Figueiredo ganhará PAC e recursos para setor social

    Vereador diz que cães e gatos de rua podem virar comida em zoológico

    Eleição 2022: Lula lidera todos os cenários, diz nova pesquisa