Fonte: OpenWeather

    Pesquisa


    Eduardo Braga é um dos 100 mais influentes do Congresso Nacional

    O líder do MDB no Senado se destacou de acordo com pesquisa divulgada na sexta-feira (17) pelo DIAP

    o “Cabeças do Congresso” aponta os parlamentares com maior poder no processo decisório na Câmara e no Senado
    o “Cabeças do Congresso” aponta os parlamentares com maior poder no processo decisório na Câmara e no Senado | Foto: Agência Brasil

    Manaus - O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga, é um dos cem parlamentares mais influentes entre os 594 senadores e deputados federais, de acordo com a 27ª edição da série “Cabeças do Congresso”. Essa é a sétima vez que o parlamentar do Amazonas tem seu prestígio e habilidade política reconhecidos na pesquisa realizada anualmente pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, o DIAP. 

    Referência obrigatória para formadores de opinião, estudiosos, dirigentes partidários, sindicais e empresariais, autoridades do Executivo e Legislativo, o “Cabeças do Congresso” aponta os parlamentares com maior poder no processo decisório na Câmara e no Senado. Para fazer parte dos “Cabeças”, esses parlamentares precisam se destacar pela capacidade de negociação, articulação, pelo senso de oportunidade, pela formulação de propostas e condução dos debates. Dos onze parlamentares do Amazonas, apenas três fazem parte do ranking; Eduardo Braga é o indicado pelo maior número de vezes. 

    Credibilidade e equilíbrio

    - “É uma honra ter sido apontado, mais uma vez, como um dos Cabeças do Congresso. Essa é uma resposta à confiança em mim depositada pelo povo do Amazonas, que pode ter certeza do meu compromisso com a defesa dos interesses do nosso Estado e de nosso país”, comemorou o líder do MDB. Eduardo Braga foi destacado na categoria “Negociadores”, que inclui parlamentares investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos e que se sobressaem, segundo os critérios do DIAP,  pela credibilidade, pelo controle e equilíbrio emocional, pela habilidade no uso das palavras e pelo respeito à vontade da maioria.

    Seleção

     A seleção dos mais influentes, que inclui apenas os parlamentares efetivos no exercício do mandato no período de avaliação, entre fevereiro e junho de 2020, é feita com base em entrevistas com deputados e senadores, assessores das duas Casas do Congresso, jornalistas, cientistas e analistas políticos. O DIAP também examina, entre outros pontos, as atividades profissionais, os vínculos com empresas ou organizações econômicas ou de classe, a formação e a vida acadêmica de cada parlamentar, além dos pronunciamentos, das proposições apresentadas, dos resultados de votações e a da frequência com que são citados na imprensa. 

    Respeitado pelos seus pares, Eduardo Braga tem sido nome de destaque na discussão, negociação e votação de todas as principais matérias que passam pelo Senado Federal. Propostas fundamentais para o país passam, necessariamente, pela negociação com o líder do MDB. Foi o caso, por exemplo, do Pronampe, do auxílio emergencial durante a pandemia,  do Orçamento Impositivo, do compartilhamento dos recursos da cessão onerosa do pré-sal e da própria reforma da Previdência.


    Com informações da assessoria


    Leia mais

    Arthur Neto ‘em franca recuperação’ critica o governo Bolsonaro

    Alckmin é indiciado por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro

    Veja também