Fonte: OpenWeather

    Declaração


    'Só Deus me tira da cadeira presidencial e morto', diz Bolsonaro

    Presidente citou decisão da ministra Cármen Lúcia, do STF, que mandou o presidente da Câmara, Arthur Lira, analisar processo de impeachment

     

    Bolsonaro ainda disse que vai se encontrar com Lira
    Bolsonaro ainda disse que vai se encontrar com Lira | Foto: Divulgação

    "Só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida". Essa foi a declaração presidente Jair Bolsonaro feita na noite desta quinta-feira (15), ao comentar decisão da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu 5 dias para o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), explicar o motivo de não ter analisado pedidos de impeachment contra o chefe do Executivo. 

      “Eu não quero me antecipar e falar o que acho sobre isso aí, mas digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Mas não vai mesmo. Não vai mesmo”, disse o presidente em live nas redes sociais.  

    Assista a partir dos 56 segundos

    | Autor: Divulgação
     

    Bolsonaro ainda disse que vai se encontrar com Lira “para discutir brevemente esse assunto”. “Vamos ver qual encaminhamento o Lira vai dar no tocante a isso. Se vão abrir processo ou não”, declarou

    Antes de finalizar a live, Bolsonaro disse que dormiria “tranquilíssimo” com a notícia. “Boa noite, fique tranquilo porque vou dormir tranquilíssimo essa noite e vamos ver o desenrolar dessa notícia do nosso Supremo Tribunal Federal”.

    *Com informações do Poder 360

    Leia mais 

    "Se ele voltar, tudo bem", diz Bolsonaro sobre Lula em 2022

    Decisão do Supremo Tribunal Federal torna Lula ficha-limpa e elegível

    Deputados aprovam pena maior para maus-tratos a crianças e idosos