Fonte: OpenWeather

    Política


    Governo Bolsonaro oficializa troca de chefia da PF no Amazonas

    O delegado Alexandre Saraiva foi substituído do cargo logo após pós entrar com a queixa-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

     

    A exoneração de Saraiva foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira
    A exoneração de Saraiva foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira | Foto: Reprodução

    BRASÍLIA -  O Governo Bolsonaro oficializou, nesta terça-feira (20), a exoneração do delegado Alexandre Saraiva do posto de superintendente da Polícia Federal no Amazonas. Com isso, o delegado da PF Leandro Almada ocupará o cargo. A nomeação de Almada também foi publicada na mesma edição do Diário Oficial.

    Em 15 de abril, Saraiva foi afastado do cargo de chefia da PF do Amazonas um dia após entrar com a queixa-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e contra o senador Telmário Mota (PROS-RR), na qual ele os acusa de favorecerem madeireiros ilegais.

    Na notícia-crime, Saraiva argumenta que o ministro e o parlamentar tentaram interferir de forma indevida para barrar operação da PF que apreendeu mais de 200 mil m³ de madeira em toras extraídas ilegalmente por organizações criminosas na região Norte do país. Ambos negam o cometimento de irregularidades. 

    A exoneração de Saraiva foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira. Os atos foram assinados pelo secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Tercio Issami Tokano.

    Leia mais

    CPI da Pandemia será instalada após feriado, anuncia Pacheco

    Caso Henry: Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho de Comissão de Justiça

    'Só Deus me tira da cadeira presidencial e morto', diz Bolsonaro