Fonte: OpenWeather

    Senado


    Wilson Lima e 8 governadores são convocados para depor na CPI da Covid

    A Comissão também aprovou a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, do ex-chefe da pasta, Eduardo Pazuello

     

    | Foto: Divulgação

    A CPI da Pandemia no Senado aprovou, nesta quarta-feira (26), a convocação de nove governadores que foram alvos de operações da Polícia Federal com relação ao enfrentamento da Covid-19. Além do ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, cassado no mês passado.

    Foram convocados os seguintes governadores:


    Wilson Lima, do Amazonas

    Ibaneis Rocha, do Distrito Federal

    Waldez Góes, do Amapá

    Helder Barbalho, do Pará

    Marcos Rocha, de Rondônia

    Antônio Denarium, de Roraima

    Carlos Moisés, de Santa Catarina

    Mauro Carlesse, de Tocantins

    Wellington Dias, do Piauí

    Os senadores decidiram ainda convocar a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr. No mesmo acordo, os membros da CPI abriram mão da convocação do atual governador do Rio, Cláudio Castro.

    A Comissão também aprovou a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, do ex-chefe da pasta, Eduardo Pazuello. 

    A CPI 

    Composta por 11 senadores titulares e sete suplentes, a CPI da Covid foi criada a partir do requerimento do senador Randolfe e teve seu foco ampliado a partir do requerimento apresentado posteriormente pelo Senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que propôs uma comissão de inquérito para investigar ações e omissões do governo federal no combate à pandemia de Covid-19, com foco especial na situação do estado do Amazonas, primeiro estado do país onde hospitais reportaram desabastecimento de oxigênio para pacientes. 

    Leia mais 

    Uma CPI para iluminar o futuro

    Mayra Pinheiro, a "Capitã Cloroquina", é ouvida na CPI da Covid

    Mayra diz não ter recebido informações sobre falta de oxigênio no AM